Sharon Stone pede ordem de restrição face a alta hospitalar de perseguidor

Aos 58 anos, Sharon Stone sente de novo o lado negro do mediatismo e da fama a que obriga a sua carreira na representação. Philip Barnes, o homem que sofre de esquizofrenia e que perseguiu a atriz norte-americana durante vários anos, já prestes a receber alta do hospital psiquiátrico onde estava desde 2013.

A informação foi divulgada pelo site TMZ, que adianta que Sharon Stone já se está a precaver para a libertação do indivíduo, tendo já tomado uma primeira medida: o pedido de uma ordem de restrição contra Philip Barnes que, a ter o aval da justiça, o impedirá de se aproximar da estrela da sétima arte.

Quando efetuou o pedido de restrição, frisa a imprensa internacional, Sharon Stone incluiu como documentos algumas das cartas que recebeu do seu perseguidor, muitas delas enquanto o mesmo esteve internado.

Numa das cartas, lê-se: “Eu tenho 11 mulheres escolhidas para mim e teria 18 filhos. Tu estarias sentada na outra ponta da mesa de jantar”. Noutra ainda, Philip Barnes faz um pedido bizarro à atriz: que lhe dê “duas malas cheias de diamantes, os meus distintivos da CIA, cheques do departamento de Tesouro dos EUA no valor de 20 mil milhões de dólares e um silenciador para a minha pistola”. O perseguidor também já chegou a afirmar, convictamente, que era o pai dos filhos de Stone – a atriz tem três, todos adotados.

Dado o historial entre Stone e Barnes, não deverá ser difícil conseguir obter a ordem de restrição que tanto quer. Uma primeira, com uma validade de dois anos, já lhe foi concedida em 2011, antes de Barnes ter sido internado, quando este invadiu a sua casa em Hollywood, nos EUA. Foi nesse dia detido pela polícia, que o encontrou à porta da propriedade de Stone enquanto gritava ter sido ele o responsável pela morte de Bin Laden.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Malia Obama deixa o conselho: “Fumar mata…