5 livros que as mulheres de hoje têm de ler

Há muito que autoras (e também autores) trabalham temáticas feministas, mesmo antes de se ter tornado moda e de apelar às vendas. Desta vez, deixemos os homens (nascidos homens) fora da lista (por uma questão de síntese) e foquemo-nos nas mulheres que o têm feito.

Poucas vezes é mencionado que a escritora inglesa Virginia Woolf, célebre por livros como ‘Mrs. Dalloway’ e ‘As Ondas’, é também autora de um importante ensaio, ‘Um Quarto Só Para Si’ (Relógio D`Água Editora), que marcou a luta feminista a partir dos anos 20. Também Margaret Atwood, a escritora canadiana, é responsável por personagens femininas que não obedecem a cânones habituais (p. ex. em ‘Odisseia de Penélope’, Teorema Editora, entre outros) e Clarice Lispector ainda que o feminismo não tenha sido o objetivo da escrita, poucos livros de ficção serão mais feministas que, por exemplo, ‘A Paixão Segundo G.H.’, Relógio D`Água Editora; a mítica Simone de Beauvoir com o supracitado ‘O Segundo Sexo’ (Quetzal Editores). Ou recuemos mais ainda, e deparamo-nos, p. ex., com o feminismo na escrita de Jane Austen e das irmãs Brontë. Resumindo, e congratulando-nos por tal, são muitas as obras de cariz feminista disponíveis para escolha.

Aqui fica, então, uma lista de sugestões literárias feministas contemporâneas. Os nomes e as respetivas obras de autoras relevantes no panorama atual, que trazem essencialmente, um novo olhar com conteúdos inéditos às questões feministas, hoje.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Darko dá voz às minorias de género em novo víd…