Elsa Pataky denuncia “machismo” em Hollywood

Elsa Pataky

Depois de Mila Kunis denunciar, numa carta aberta, o sexismo que existe em Hollywood, é agora a vez de mais uma atriz apontar o “machismo” existente na maior indústria de entretenimento do mundo.

Em declarações ao jornal ‘El País’, Elsa Pataky falou dos seus mais recentes projetos, depois de se manter afastada das luzes da ribalta nos últimos anos para cuidar dos três filhos, fruto da relação com o ator norte-americano Chris Hemsworth. O projeto com maior projeção internacional está previsto estrear-se no próximo ano o oitavo filme da saga ‘Velocidade Furiosa’.

A esse propósito, Pataky falou de Charlize Theron, uma das atrizes que integra o elenco. “Quando trabalhamos com ela damo-nos conta que não só é uma grande atriz, que eu admiro, como também é uma mulher muito inteligente”, confidencia à publicação espanhola. “Ela pode exigir ganhar o mesmo [do que os homens] e faz bem em pedi-lo. Hollywood tem um lado machista que é necessário combater”, acrescenta.

Além da diferença salarial,Pataky luta com outro obstáculo para alcançar o sucesso na indústria cinematográfica norte-americana: o sotaque. De naturalidade espanhola, a atriz teve aulas de pronúncia para aperfeiçoar o inglês. Foi numa dessas aulas que conheceu Chris Hemsworth, com quem se casou em 2010. “Feliz” e “apaixonada” há mais de seis anos, mostrou-se “incomodada” com os rumores de separação anunciados pela imprensa no mês passado “sem terem nenhuma informação sobre isso”. Os boatos foram desmentidos pelo próprio marido na sua rede social. “Agora temos esta vantagem de poder dirigir-nos diretamente às pessoas e poder dizer-lhes o que queremos sem intermediários. Tudo se resolveu bem e rápido”, explica.

 

Dividida entre a Austrália – onde vive com o ator e os filhos India Rose, de quatro anos, e os gémeos Tristan e Sasha, de dois – e os Estados Unidos, Elsa Pataky está de regresso à sua terra natal para promover uma curta-metragem para a marca de lingerie Women’s Secret.

 

A atriz ainda admitiu ao ‘El País’que gostava de voltar a integrar projetos de ficção em Espanha, seja em séries ou no grande ecrã, e confessa que acompanha o cinema espanhol nas várias viagens que faz de avião. Entretanto, está empenhada na publicação do seu próximo livro dedicado à vida saudável e assume ser “viciada” no desporto e na alimentação orgânica. “Gosto de ser uma guru da vida saudável”, revela ao jornal espanhol.

Empieza el día sano y con energía! Healthy breakfast! #fitness #healthylife #greenjuice @glamourspain

A photo posted by Elsa Pataky (@elsapatakyconfidential) on

https://www.instagram.com/p/BDg3sx5ppVb/?taken-by=elsapatakyconfidential

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Magia e romance no primeiro ‘trailer’ …