PETA volta a criticar Justin Bieber

Justin Bieber, nomeadamente a escolha do seu guarda-roupa, foi novamente alvo de críticas e de uma chamada de atenção por parte da PETA, associação de defesa dos direitos do animais. “Justin Bieber está a magoar animais novamente, ao usar um casaco feito de pele de coiote”, escreve a PETA, num vídeo publicado na conta de Instagram da associação. “Este tipo de alta-costura para homem das cavernas é um novo nível ainda mais baixo para Justin Bieber”, acusou Lisa Lange, vice-presidente da PETA.

Really, #JustinBieber? You should always say “NEVER” to wearing fur. #FurIsDead

A video posted by Official PETA (@peta) on

A pele utilizada para fazer os casacos vem de “coiotes capturados através de terríveis armadilhas desenhadas para destruir as pernas” dos animais, sublinha a PETA no mesmo vídeo. A associação de defesa dos animais ainda deixa no ar uma interrogação: “Como pode alguém com tanta fama e dinheiro mostrar tão pouca compaixão pelos animais?”

Noutra publicação da PETA, a associação denuncia o comportamento de Justin, sublinhado que o artista “parece incapaz de ver que os seus hábitos de consumo causam sofrimento desnecessário nos animais, como tigres e macacos bebés e coiotes selvagens.”

Em maio de 2016, a PETA manifestou-se contra Bieber depois de o canadiano ter pousado com um tigre cujo dono estava a ser investigado por maus tratos a animais. A fotografia do cantor canadiano com o animal foi entretanto apagada.


Leia também os artigos:
Clarice Falcão faz clip com nus frontais e meio Brasil não gosta
Carolina Deslandes está novamente grávida
Nomes que não se podem dar aos bebés em Portugal

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Hugh Jackman escapa por pouco a ataque de tubarão…