7 passos obrigatórios a tomar antes de mudar para casa dos pais

Fruto das contingências económicas e do mercado de trabalho, cada vez mais os jovens adultos estão a deixar de viver sozinhos para, diminuindo gastos, a regressar a casa dos pais. A decisão está sempre muito longe de ser pacífica quer para progenitores, quer para filhos e é geradora de conflitos.

Afinal, tal mudança implica sempre alterações de papéis dentro do lar e significa sempre o regresso de pessoas que já estão formadas, que já viveram de forma independente e que não abdicam de planos bem definidos para as suas vidas.

Para os pais, trata-se de um regresso a uma vida e a um “ninho cheio”, para os filhos é um regresso aos seus quartos – e às suas camas – da infância e adolescência. Assim sendo, aqui ficam dicas para tornar esta decisão estruturante mais pacífica e gradual.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Mulheres são as grandes vítimas do stress natal…