A dieta rigorosa e polémica de Pippa Middleton antes do casamento

Surgiu o ano passado e conquistou a Europa e os Estados Unidos, com personalidades como Adele a afirmarem ser das melhores que já seguiram. Mas a Sirtfood Diet, desenvolvida por Glen Matten e Aidan Goggins, também tem levantado vozes críticas, que a acusam de ser prejudicar para a saúde.

Será esta dieta que Pippa Middleton está a praticar. A irmã da duquesa de Cambridge, Kate Middleton, vai casar-se com o gestor de fundos de risco James Matthews a 20 de maio, em Berkshire, Inglaterra. Quer, até lá, aprimorar a sua já esbelta figura, adianta o E! News, e para isso aderiu àquele programa.

A dieta Sirtfood propõe a ingestão de alimentos capazes de ativar a sirtuína, substância cuja função é regular o metabolismo, como chocolate, vinho, cebola roxa, couve, rúcula, azeite ou café, entre outros. Aconselha a ingestão de apenas mil calorias diárias na primeira semana, aumentando para 1500 na segunda. Recorde-se que uma mulher fisicamente ativa deve consumir 2500 calorias por dia.

E é aqui que reside o problema, com vários especialistas a defender que a Sirtfood não é uma dieta, mas um programa de emagrecimento baseado em restrição alimentar, que pode gerar carência nutricional.

Independentemente da dieta que segue, Pippa irá casar-se na igreja de St. Marks, em Englefield, e a missa vai ser conduzida pelo reverendo Nick Wynne-Jones. O copo d’água acontecerá na quinta da família da noiva, em Bucklebury, a poucos quilómetros de distância.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Kylie Jenner arrasada nas redes sociais após publ…