A enfermeira sem medo das bombas em Pearl Harbor

annie-fox-army-nurse-uniform-posing-1

Annie Fox foi a primeira americana a receber a Purple Heart pela coragem demonstrada durante o bombardeamento japonês a Pearl Harbor em 1941. Enfermeira militar com a patente de tenente, tinha 48 anos quando a marinha imperial japonesa lançou a partir dos seus porta-aviões no Pacífico um ataque surpresa à esquadra baseada no Havai, afundando ou danificando duas dezenas de navios e matando 2500 americanos.

Foram mais de mil os feridos e no salvamento de muitos deles a tenente Fox foi decisiva, administrando anestesia e fazendo curativos enquanto as bombas caiam em redor, e ainda orientando as enfermeiras civis.

O sangue frio da enfermeira naquele 7 de dezembro não passou despercebido e Fox foi proposta para a Purple Heart por combate. Recebeu a medalha em 1942, estavam já os Estados Unidos envolvidos na Segunda Guerra Mundial. Criada por George Washington, a condecoração tinha sido recuperada pelas forças armadas em 1932, para assinalar dois séculos sobre o nascimento do pai da independência. Annie Fox foi a primeira mulher a recebê-la. Mais tarde, só militares feridos em ação passaram a poder ganhar a medalha.

Fox morreu na Califórnia em 1987. Hoje, há quem sugira a sua figura para substituir a de Alexander Hamilton na nota de dez dólares, já que a ideia é escolher uma mulher.

Siga-nos no Facebook

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Saiba quais as melhores cidades portuguesas em 201…