Afinal, o sushi estraga ou não a sua dieta?

Ir a um restaurante japonês comer rodízio de sushi é muitas vezes a escolha de quem quer seguir uma alimentação saudável. Mas será realmente assim? De facto pode ser, mas têm de optar por peças realmente pouco calóricas, como é o caso do sashimi (fatias de peixe cru muito frescas) ou da sopa miso, que normalmente inicia as refeições e tem poucas calorias.

Ao contrário do que muitos amantes de sushi pensam, o arroz usado na maioria das peças dos rodízios é um hidrato de carbono refinado, ou seja, pode provocar-lhe inflamações no organismo e aumentar o risco de doenças cardiovasculares e diabetes. Em alguns casos, nas peças de sushi mais doces este arroz é preparado com açúcar, podendo provocar picos de insulina.


Leia também o artigo: Restaurantes de norte a sul para experimentar


No entanto, não é só o arroz que deve evitar. A maioria dos molhos servidos nos restaurantes japoneses têm muito sal e gordura – o caso do molho de soja, por exemplo –, tal como as peças de sushi fritas.

Por sua vez, o wasabi (tempero verde em pasta) é ótimo para a saúde devido às propriedades antioxidantes. O mesmo acontece com o gengibre, rico em potássio e magnésio.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Massagens nos pés que fazem bem ao corpo todoR…