Subir

Amber Heard, Cara Delevingne e Margot Robbie impedidas de entrar em bar

O processo de divórcio com o ator Johnny Depp foi emocionalmente desgastante e mediatizado pelo mundo fora, pelo que a atriz Amber Heard decidiu celebrar o seu desfecho junto das suas amigas, as também atrizes Cara Delevingne e Margot Robbie. Os planos passavam por desfrutar de uma festa nos arredores de Londres, mas o trio acabou por ser impedido de entrar no clube de strip.

Os seguranças do bar britânico SophistiCats, em Marylebone, ignoraram o facto de as três amigas serem celebridades de Hollywood e impediram-nas de entrar na festa. Em declarações ao jornal ‘Daily Mail’, um dos responsáveis pelo espaço afirmou: “Cara e as amigas não estavam a ter o comportamento que, à partida, eles esperariam que os seus clientes adotassem.”

Confrontada com uma situação pouco provável de acontecer a estrelas de Hollywood, Cara insistiu com os seguranças: “Vocês sabem quem eu sou? Sou Cara Delevingne e esta é a minha amiga Amber, que acabou de se divorciar”, recorda o mesmo responsável, que acrescenta ao ‘Daily Mail’: “O clube estava cheio e havia uma fila à porta, mas a Cara insistiu que tinha de entrar imediatamente e recusava-se a pagar os 20 dólares (cerca de 17 euros) de entrada.”

Frustradas com a situação, as atrizes acabaram por abandonar o local e dirigir-se para o Chiltern Firehouse, outro espaço de diversão noturna em Londres.

Recorde-se que Amber Heard, de 30 anos, e Johnny Depp, de 53 anos, atravessaram um mediático processo de divórcio, durante o qual atriz acusou Depp de violência física e psicológica. Depois de quinze meses juntos, o ex-casal chegou a um acordo extrajudicial, segundo o qual Johnny Depp terá de pagar sete milhões de dólares (cerca de seis milhões de euros) a Heard. A atriz já fez saber que entregará o dinheiro a instituições sociais.

Por: Nuno Cardoso // Fotografia: Reuters