As últimas palavras de Céline Dion ao marido

Céline Dion e René Angélil tinham 26 anos de diferença

Céline Dion esteve ao lado do marido, René Angélil, nos minutos finais da sua vida, tranquilizando-o e pedindo-lhe que partisse em paz. Foi sobre este momento que a cantora desabafou na sua primeira entrevista desde a morte do empresário de 73 anos (em janeiro, devido a um cancro na garganta), e que concedeu à jornalista Deborah Roberts, da ABC News.

“Estavas preocupado com a minha carreira. Estavas preocupado com os miúdos. Estavas preocupado com tudo. Já chega. Confias em mim? Por favor, confia. Os miúdos estão bem. Eu estou bem. Prometo-te que ficaremos bem. Por favor, parte em paz. Não quero que te preocupes”, Céline recorda ter dito a Angélil, seu manager e pai dos seus três filhos: René-Charles, de 15 anos, e os gémeos Nelson e Eddy, de seis.

A intérprete de ‘My Heart Will Go On’ revelou ainda que se deitou ao lado do marido depois de este morrer, colocando um robe sobre o seu corpo. E entrou em detalhes sobre a forma como deu a notícia às crianças. “Antes de lhes dizer que o pai deles já não estava ali, falei sobre como toda a gente adoece. Depois disse ‘Lembram-se do filme ‘Up’ [animação da Disney de 2009]?’. E eles disseram ‘Sim. A Ellie foi para o céu com os balões’. Então eu disse ‘Pois, bem… Hoje foi o papá que subiu ao céu'”. Depois, Dion levou os três rapazes para o exterior e, juntos, soltaram vários balões. “Vamos dizer ‘Papá, amamos-te. Tem uma boa subida'”, disse ainda a cantora de 48 anos aos seus filhos.

Numa outra entrevista à ‘People’, a vencedora de dez prémios Grammy falou sobre a dolorosa perda do amor da sua vida. “Tenho 48 anos e perdi o amor da minha vida. Sinto falta dele quando estava bem, não a sofrer. Não consigo ser egoísta. Temos de deixar as pessoas ir. Sinto-me em paz”.

René Angélil, com quem Céline Dion casou em 1994, morreu a 14 de janeiro, na casa de família em Las Vegas, EUA, após uma longa batalha contra um cancro na garganta. Poucos dias depois, a artista perdeu também para um cancro um dos seus 13 irmãos, Daniel Dion, que tinha 59 anos.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Rock in Rio: mudam-se os tempos, mudam-se as modas…