AWAYTOMARS: a moda aberta a quem quer ver algo diferente

Aqui, “qualquer pessoa, mesmo que não tenha nenhuma experiência em moda, se pode inscrever com uma ideia e receber comentários e sugestões dos outros membros”. Esta é a principal filosofia que faz acionar o gatilho de mais uma coleção de moda. Explicações que são encontradas no documento dea presentação da marca.

Uma vez selecionadas as melhores ideias e os mais interessantes conceitos, começa o trabalho: ” a prototipagem seguida de financiamento coletivo – onde cada peça tem a sua própria campanha”.

Assim, “os financiadores têm a oportunidade de apoiar os criadores ao realizarem a compra das peças a preço de atacado. Os designs que conseguem ser completamente financiados pelo público são produzidos como uma peça de cocriação, num processo supervisionado na AWAYTOMARS por técnicos especialistas”.

As parcerias não acontecem apenas ao nível das ideias. Também a escolha e o uso dos materiais resultam de acordos que a casa detém com empresas com know how “em tecidos e técnicas adquiridas a produtores na Europa”.

Partilha: da ideia à venda

A AWAYTOMARS crê que, ao contrário do que acontece nos modelos de negócio tradicionais, consegue “reduzir custos e tempo desperdiçado: não há sazonalidade ou stock, desperdiçado pois apenas os itens vendidos são fabricados”.

A ideia procura promover “um novo modelo de venda, em que os lucros são compartilhados tanto com os designers originais, quanto com os membros da comunidade que contribuem com sugestões significativas para o desenho final”.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Como ir vestida para a manifestação pelas mulher…