Azealia Banks voltou às críticas. Mas agora foi banida do Twitter

Azealia Banks, rapper norte-americana, viu a sua conta pessoal no Twitter ser suspensa depois de comentários racistas e homofóbicos dirigidos ao antigo membro dos One Direction, Zayn Malik. Depois de Banks acusar o artista britânico de copiar o seu trabalho, o agora cantor a solo escreveu dois tweets que a rapper considerou serem apontados a ela e respondeu de forma agressiva, caracterizada pelos utilizadores como racista e homofóbica.

Impedida de escrever no Twitter, Banks utilizou o Instagram para comentar a sua suspensão da rede social de curtas mensagens, alegando que a decisão de a banir foi sectária: “Reparem que eu insultei indianos, paquistaneses, paquistanesas, pessoas negras… E a minha conta do Twitter não foi suspensa até que eu disse “ser branco é uma doença mental”. Vocês têm de prestar atenção ao que está a acontecer aqui.”

Estava previsto que Azealia Banks atuasse em Londres no próximo mês, contudo o seu concerto foi cancelado pela organização do festival, logo a seguir aos insultos publicados no Twitter. Embora não se tenha retratado em relação aos visados, a cantora pediu desculpas a “todos os que se sentiram ofendidos.”

Enquanto os tweets de Malik ainda estão disponíveis, a conta do Twitter de Azealia Banks está interdita aos utilizadores. A rede social defende-se com o regulamento, que permite suspender ou eliminar contas caso sejam reportados inúmeros abusos.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Chega ao fim o último ‘spin-off’ que …