Bárbara Guimarães comovida com mensagem sobre violência

O jornalista da SIC usou o momento em que apresentava o primeiro prémio da noite dos ‘Globos de Ouro’, ao lado de Bárbara Guimarães, para condenar a violência contra as mulheres e a disseminação dessas imagens

Bárbara Guimarães não conteve a comoção. Os olhos marejados, a mão trémula da apresentadora na mão de Rodrigo Guedes de Carvalho e o abraço e beijo prolongados após o fim da mensagem em que o jornalista e pivô da SIC condenou a forma como as mulheres estão expostas à violência.

“Permitam-me hoje começar por aqui. A violência entre as mulheres cresce hoje assustadoramente em Portugal. Recentemente, a violência sobre as mulheres passou a ter difusão em massa e a ser partilhada. É altura de pensarmos nisto muito a sério. É altura para os decentes e os corajosos perceberem que têm de unir-se, que têm de refletir e têm de agir”, começou por dizer o responsável de informação de Carnaxide.

Frases sobre violência, escutadas por quase um milhão e 100 mil pessoas, proferidas ao lado a apresentadora que tem travado um longo e público processo judicial por violência doméstica com o ex-marido Manuel Maria Carrilho.

Rodrigo Guedes de Carvalho deu assim início àquele que foi o primeiro momento emotivo da noite, aquando da entrega do prémio para Melhor Atriz de Cinema (conquistado por Ana Padrão) e escolheu exatamente fazer a ligação com as artes porque “os artistas podem e devem mostrar à sociedade que não são apenas sorrisos numa passadeira vermelha”, afirmou. E acrescentou: “A arte sempre esteve na primeira linha contra o mal e nunca nos devemos conformar.”

Afastada dos Globos, mas com regresso à televisão marcado para julho

A apresentadora, que pela primeira vez não conduziu a gala de prémios anual, foi a primeira a subir ao palco ao lado do jornalista. Mas se este ano não foi o rosto desta emissão especial, foi na passadeira vermelha de acesso ao Coliseu dos Recreios que a apresentadora revelou em primeira mão que vai estar de regresso ao pequeno ecrã, em julho.

“É um programa em que vou sair totalmente da minha zona de conforto. É bom arriscar em novos formatos. Acho que as pessoas vão gostar acompanhar. Fala de mudanças”, disse a apresentadora sobre ‘E Agora o que é que Eu Faço?’, que será sobre remodelações.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Passadeira vermelha dos Globos de Ouro com muita p…