Barron Trump quase adormeceu a ouvir o discurso do pai… e a internet não lhe resistiu

Trump

Ser pré-adolescente já não é, por si só, fácil. Ser pré-adolescente e filho de Donald Trump encerra em si toda uma dimensão de dificuldades e exigências completamente nova. Foi isso que Barron, de 10 anos, o filho mais novo do presidente eleito dos Estados Unidos, parece ter descoberto esta madrugada.

O mais novo dos cinco filhos de Trump disfarçou mal o cansaço e enfado quando ontem, já a noite ia alta, o pai discursou na sede de campanha, em Nova Iorque, naquele que foi a primeira aparição pública desde o anúncio dos resultados eleitorais.

Ao contrário dos irmãos, Ivanka, Tiffany, Eric e Donald Jr,, e da mãe, Melania, Barron mal conseguia disfarçar o sono e o cansaço. O constante esfregar de olhos do benjamim do clã Trump, os revirares de olhos e os esforços constantes em conter bocejos foram motivo de inúmeros comentários nas redes sociais.

https://twitter.com/CoodereMero/status/796284160969216000

https://www.instagram.com/p/BMlSHqEjjYD/?tagged=barrontrump

Filho único do terceiro casamento do presidente eleito, Barron é descrito pela mãe, Melania, como “pequeno Donald”. “Ele é um rapaz muito especial, muito inteligente e convicto das suas ideias. É independente, opinativo e sabe exatamente o que quer. Às vezes chamo-lhe ‘pequeno Donald’. Ele é uma mistura de nós em termos físicos mas, no que toca à personalidade, é igual ao pai”, disse a futura primeira-dama ao site Parenting.com.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Pedro Fernandes tem razão: “O Bill não é …