Belmond Reid’s Palace: o paraíso numa falésia na Madeira

Aterrámos na Madeira pouco antes das 11h30 de uma sexta-feira. Em contraste com os nove graus que se faziam sentir em Lisboa, a ilha recebeu-nos com 22 graus e comprovou ser o paraíso subtropical, com clima ameno durante todo o ano, de que tanto se fala. De seguida entrámos numa abelhinha, um dos famosos táxis amarelos da Madeira, e fomos até ao Belmond Reid’s Palace, o hotel que nos iria servir de casa durante todo o fim de semana e que no passado mês de novembro comemorou 125 anos de muito requinte.

Tal como acontece por Lisboa, o turismo na Madeira também tem registado um enorme crescimento, levando à construção de centenas de hotéis nos últimos anos. Ainda assim, o Belmond Reid’s Palace, construído na década de 1880 sobre uma falésia rochosa, continua a ser reconhecido como o maior hotel de luxo da ilha. E consegue-se perceber porquê assim que se entra no Reid’s.

Os funcionários dão-nos as boas vindas com uma simpatia palpável, que nos faz sentir imediatamente em casa. Mostram-nos alguns dos principais espaços do hotel e conduzem-nos até aos respetivos quartos. Pelo caminho percorremos os corredores que, com a sua decoração clássica glamorosa, nos transportam para a época em que o hotel foi construído.

Fiquei no quarto 402, no quarto andar do hotel. Distingue-se pelos lençóis frescos e bordados, uma casa de banho luxuosa em mármore e uma varanda com cadeiras e mesas em vime que nos convidam a sentar para relaxar, ouvir o mar e apreciar a vista para a baía do Funchal, ainda mais bonita nesta altura do ano com as luzes de Natal a cobrirem toda a ilha – pode ver algumas das fotos da paisagem na galeria de imagens acima.

15631096_10211624245658976_1548731893_o
Cama do quarto 402

Refeições generosas

Depois de nos instalarmos descemos para o almoço, um generoso buffet no Pool Restaurant que, tal como o próprio nome indica, é um restaurante à beira de duas das piscinas do hotel. Ao todo, o Reid’s tem três pisicinas: duas aquecidas e uma com água do mar, encostada à falésia que suporta o hotel.

Durante o almoço pudemos desfrutar de pratos frios onde, como não podia deixar de ser numa ilha com mar e solo tão ricos, o peixe e os legumes frescos foram reis, acompanhados por produtos locais e orgânicos.

As refeições são mesmo um dos pontos fortes do Belmond Reid’s Palace. Ao pequeno-almoço pode optar por comer confortavelmente ou ir ao buffet. Qualquer uma das opções lhe oferece uma grande variedade de frutas tropicais frescas que pode conjugar com ótimas panquecas.

Para almoçar ou jantar, além do Pool Restaurant, tem o William Restaurant, recentemente vencedor de uma estrela Michelin, e o italiano Villa Cipriani. Este último tem um terraço com uma vista magnífica sobre o oceano onde pode almoçar ou jantar nos dias e noites mais quentes.

Se lhe apetecer beber um copo depois do jantar nem precisa de sair do hotel. Tem o Cocktails Bar, no quinto piso, aberto até à 1h00.

Suítes presidenciais com muitas história

A exclusividade de glamour do Reid’s já teve como hóspedes a imperatriz Elizabeth I da Áustria, o escritor Bernard Shaw e vários membros da família real britânica. Nas vitrinas que vamos encontrando pelos corredores do hotel podemos ver algumas fotos e objetos dessas emblemáticas visitas, mas foi Winston Churchill, antigo primeiro-ministro do Reino Unido, o hóspede mais marcante.

Em 1950 o político britânico escolheu a ilha da Madeira para permanecer durante algum tempo. A vila piscatória de Câmara de Lobos, a 10 minutos de carro do Reid’s, era o seu local de eleição para pintar. Já no hotel aproveitava para ler e escrever algumas das suas memórias.

Desde então, a suíte onde ficava hospedado adotou o seu nome e continua a ser um dos locais mais requisitados.

O local ideal para descansar

Sempre que estiver a precisar de umas férias regeneradoras, lembre-se que o Belmond Reid’s Palace pode ser uma boa opção. A calma e tranquilidade da ilha da Madeira são ainda mais notórias no hotel e, dentro de pouco tempo, poderá também levar o seu cão consigo.

15608444_10211624240458846_1986640167_o
Uma das piscinas aquecidas, junto ao Pool Restaurant

Além de o silêncio predominar em praticamente todas as divisões do edifício e lhe oferecer todos os ingredientes para uma estadia descansada – se chover, nos quartos nem vai dar por isso – tem também a oportunidade de relaxar no spa. Este serviço oferece-lhe salas de tratamento e varandas com vista sobre o oceano. No fim, dê um passeio pelos jardins verdejantes. Vai encantar-se com uma paisagem subtropical de cortar a respiração.

Uma Passagem de Ano inesquecível

Uma noite no Belmond Reid’s Palace pode custar entre 315 e 2 360 euros, mas não se deixe intimidar pelos preços. Para a entrada em 2017 o hotel vai aproveitar a vista deslumbrante que proporciona sobre a baía do Funchal e o fogo-de-artifício madeirense para organizar uma Passagem de Ano bem em conta.

Por 25 euros por pessoa tem direito a um copo de champanhe, canja, sanduíches de galinha e uma noite de dança no Cocktail Bar. Os ingressos vão estar à venda no dia 31 de dezembro, na receção do hotel que se localiza na Estrada Monumental, 139, Funchal.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

“Não dá para equiparar a experiência de s…