Biles despede-se do Rio com quatro medalhas de ouro

Simone Biles não podia terminar de melhor forma a sua primeira participação nos Jogos Olímpicos. A ginasta de 19 anos conquistou, na terça-feira, a quarta medalha de ouro na final da competição de solo. Em segundo lugar, com a medalha de prata, ficou outra norte-americana, Aly Raisman. A britânica Amy Tinkler ganhou o bronze.

Só na ginástica as mulheres americanas conseguiram arrecadar 13 medalhas para o seu país, um registo que supera as oito conseguidas pelas ginastas norte-americanas em 2008. Conheça, na galeria de imagens acima, todas as ginastas dos EUA e saiba que medalhas conquistaram.


Leia também o artigo: Conheça Simone Biles, a estrela da ginástica nos Jogos Olímpicos


Depois desta última prova, Biles e Raisman não podiam estar mais orgulhosas da sua prestação. “Colocámos a cereja no topo do bolo com a Amy ao meu lado no pódio. Há uma sensação de alívio”, revelou Simone Biles.

Biles iguala a lenda Nadia Comeneci

Com as quatro medalhas que conquistou nestes Jogos Olímpicos, a texana igualou o feito da romena Nadia Comeneci, uma lenda da ginástica artística. Desafiada a comentar a prestação de Biles, Comaneci revelou que é fã da jovem norte-americana.

“Simone é uma campeã olímpica incrível e sou fã dela. No entanto, só o tempo dirá se será a melhor de todos os tempos”, afirmou ao jornal norte-americano USA Today.

Martha Karolyi, a atual treinadora da equipa de ginástica norte-americana, também treinou Nadia Comeneci durante a sua primeira participação nos Jogos Olímpicos, em Montreal 1976. A romena tinha apenas 14 anos.

“Estão as duas à frente do seu tempo. Nadia foi muito melhor que todas naquele tempo e agora acho que Simone é muito melhor do que todas em qualquer parte do mundo”, explicou Martha Karolyi.

Aly Raisman, compatriota de Biles, também não tem qualquer dúvida em relação ao talento da colega. “Ela está noutro nível. É incrível, é difícil colocar em palavras. Ainda não acredito que ela tem quatro medalhas de ouro. Estou admirada com ela e treinámos juntas tanto tempo. Quando conseguimos a medalha de prata somos as melhores porque a Simone não conta”, sublinhou a ginasta norte-americana.

Esta foi a última vez que a equipa de ginástica dos EUA competiu enquanto quinteto nos Jogos Olímpicos. Em Tóquio 2020 as equipas olímpicas da modalidade serão compostas apenas por quatro elementos. Mas as despedidas não se ficam por aqui. Martha Karolyi, de 73 anos, vai reformar-se e não volta a treinar as ginastas.

“Foi uma experiência fenomenal e toda a equipa fez um bom trabalho. Terminámos com uma boa nota para Martha”, acrescentou Simone Biles.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Morte do treinador alemão salva quatro vidas no B…