‘Catalyst’, a revista de casamentos feminista com o alto patrocínio de Gloria Steinem

Revista de casamentos Catalyst

Gloria Steinem, jornalista norte-americana e lenda viva da luta pelos direitos das mulheres, fez nas redes sociais uma publicação curiosa. Divulgou uma revista sobre casamentos. Este tipo de publicações, tantas vezes perpetuadoras de uma visão conservadora e patriarcal da mulher no casamento, não se encaixam propriamente nos padrões de leitura de Steinem.

Mas a ‘Catalyst Magazine’ não é uma revista de casamentos qualquer, como explicou Gloria Steinem no Instagram: “a tomar de assalto a indústria do casamento feminista. Parabéns à Catalyst Wedding Community por esta inteligente, bonita e necessária revista que celebra a diferença ao invés de a inferiorizar”. escreveu a jornalista.

A ‘Catalyst Magazine’ é uma publicação que resulta de um trabalho conjunto de um grupo de profissionais ligados à indústria dos casamentos que queriam fazer um produto diferente: fotógrafos, jornalistas, produtores criaram a plataforma porque sentiram que havia um vazio nestas publicações deste género.

“Ao percebermos que era dado demasiado ênfase à criação do ‘dia perfeito’ ao invés de celebrar o amor e os relacionamentos, decidimos juntar uma voz diferente à segmento de publicações de casamentos”, explica Carly Romeo, fotógrafa de casamentos e cofundadora da ‘Catalyst’ ao site Buzzfeed.

Romeo, que é também a gestora da marca, disse ainda que a “falta de diversidade” neste género de publicações foi o catalisador para a fundação do projeto. “Nem todas as pessoas que se casam são ricas, brancas, novas, bonitas, heterossexuais, mulheres”.

Carly Romeo, formada em estudos feministas e a wedding planner Liz Susong uniram esforços e, em novembro passado organizaram uma “não-convenção” com profissionais da indústria dos casamentos (que, nos Estados Unidos, está avaliada em 46 mil milhões de euros, segundo dados da Bloomberg). No espaço de uma semana e meia angariaram 12 mil euros, através da plataforma Kickstarter. Daí nasceram as bases para a criação da ‘Catalyst’, cujo primeiro número foi para as bancas no passado mês de maio.

Reportagem da revista Catalyst
Reportagem da revista Catalyst

Casamentos entre pessoas do mesmo sexo, celebrações de bodas de prata, cerimónias em locais pouco convencionais, surgem nas páginas da publicação. Há mais na’Catalyst’ do que vestidos de noiva com caudas intermináveis, noivos de smoking e damas de honor em uniformes de cores pastel. A revista pode ser comprada online e tem um preço médio de 13 euros (sem contar com os portes de envio).

Publicação inclui matrimónios entre pessoas do mesmo sexo
Publicação inclui matrimónios entre pessoas do mesmo sexo

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Gisele Bündchen. 36 anos e o mundo (continua) a s…