Cidades portuguesas em protesto contra a cultura da violação

A Rede 8 de Março convocou para esta quinta-feira, 25 de maio, manifestações em várias cidades portuguesas contra a cultura da violação.

Os protestos envolvem organizações femininas, como a UMAR e a Associação Mulheres Sem Fronteiras, e vários movimentos sociais e políticos, entre os quais alguns partidos, como o Bloco de Esquerda e o PAN.

Embora não façam referência a acontecimentos específicos, estas manifestações acontecem uma semana depois das notícias sobre os alegados abusos sexuais de duas jovens, nas Queimas das Fitas do Porto e de Braga.


Leia também: ERC recebeu mais de 900 queixas contra o vídeo da rapariga abusada


Estas são, de resto, duas das cidades para onde estão marcadas concentrações. A elas juntam-se Lisboa, Coimbra e Faro, todas sob o lema inspirado nas campanhas brasileiras contra as agressões sexuais: ‘Mexeu Com Uma, Mexeu Com Todas! Não à Cultura da Violação!

À exceção de Coimbra, onde o protesto está marcado para as 21h, nas restantes cidades as manifestações começam entre as 18h e as 18h30.

“No país dos brandos costumes, as mulheres continuam a ser cidadãs de segunda. É contra isto que nos levantamos. Contra uma cultura que desculpabiliza a violência de género, que ignora os direitos humanos e que transforma as vítimas em culpadas”, diz o manifesto do protesto, convocado pelas redes sociais.

A organização diz, por isso, que estas concentrações têm como objetivo “denunciar e combater esta cultura”, que está enraizada na mente dos agressores, mas não só.

“Saímos à rua para dizermos que não há nós e elas, aquilo que existe são mulheres que todos os dias enfrentam uma sociedade prenhe de violência machista. Elas somos nós. Mexeu com uma, mexeu com todas.”

Figuras públicas como a cantora Capicua vieram apoiar a iniciativa, incentivando à participação nos protestos.

Neste link pode ver os locais e as horas onde vão decorrer as concentrações.

 

Imagem de destaque: Rafael Marchante/Reuters

 

 

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

A mulher que ajudou 50 adolescentes no atentado de…