Como ajudar as recém-mamãs? A mãe é que sabe!

O nascimento de um bebé vem alterar por completo a rotina das famílias, não sobrando muito tempo livre, havendo sempre tarefas que ficam por fazer. Perante este cenário costumam surgir em casa muitos familiares e amigos bem-intencionados, mas que acabam por atrapalhar. Ainda assim, também há quem se afaste completamente da vida do casal.

“A minha melhor amiga desapareceu do mapa mas, para ser sincera, já tinha desaparecido durante a gravidez. Creio que existe um afastamento gradual quando começamos a tomar rumos diferentes na vida e, por isso, fazemos também escolhas diferentes. Casar-me, viver mais em casa, engravidar e ter uma filha fez com que eu me separasse das pessoas que têm outros estilos de vida”, explicou ao Delas.pt a blogger Joana Gama.


Leia também o artigo: 10 dicas para armazenar leite materno


Mas não se assuste. Nem sempre é assim. Também blogger e mãe, Joana Paixão Brás garante que conseguiu preservar a maioria das amizades. “Não senti que muitos se tivessem afastado, pelo menos não os de sempre. Fiz questão de continuar a fazer algumas coisas que fazia com eles, mesmo que tivessem de ser eles a ir lá a casa. Ainda esta semana uma amiga veio de Lisboa – moro em Santarém –, trouxe sushi e jantámos aqui mesmo em casa”, contou Joana Paixão Brás.

No livro A mãe é que sabe – o mesmo nome do blogue que as duas mantêm em conjunto –, as duas mães dão 10 conselhos para ajudar as recém-mamãs sem se tornar incomodativa. Veja-os na galeria de imagens acima.

Ficha técnica do livro:

A mãe é que sabe

A mãe é que sabe, de Joana Paixão Brás e Joana Gama, Marcador, €16,96

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Condições sociais e género continuam a limitar …