Conheça as vantagens e desvantagens de todos os métodos contracetivos

A quantidade e variedade de métodos contracetivos que existe atualmente já permite a cada mulher escolher aquele que melhor se adapta às suas expectativas, modo de vida, receios e preocupações. Só tem de pedir aconselhamento médico e escolher.

“O aconselhamento em contraceção deve ser efetuado por um médico independentemente de ser especialista em ginecologia ou não”, explicou ao Delas.pt o ginecologista Cláudio Rebelo.


Leia também o artigo: 7 razões (científicas) para fazer sexo todos os dias


Os desenvolvimentos nesta área já permitem que as vantagens dos vários tipos de contraceção consigam ir além de evitar uma gravidez não desejada. A maioria possibilita uma vivência mais completa da sexualidade, controla dores do ciclo menstrual e ajuda nas transições da adolescência e da perimenopausa.

Os anticoncecionais orais (ACO) – pílulas –, lideram as preferências das mulheres em todo o mundo.

“São a forma de contraceção mais utilizada em todo o mundo desenvolvido. Apesar de possuírem elevada eficácia estão associados a falhas por esquecimento que diminuem muito a eficácia real, acarretando o risco de gravidezes não planeadas ou não desejadas”, sublinhou o ginecologista.

Para o futuro, os especialistas na área da contraceção esperam proporcionar um maior envolvimento da população masculina. “Bem como a escolha por métodos menos dependentes dos utilizadores, reversíveis mas de longa duração”, acrescentou Cláudio Rebelo.

Veja, na galeria de imagens acima, os novos contracetivos e os mais conhecidos e utilizados.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Tem menos de 26 anos? Então faz menos sexo do que…