Monólogos da vagina? Agora escusa de falar sozinha

Falar de doenças como a secura vaginal, hemorróidas ou infeções vaginais é tabu para a maioria dos portugueses. Sara Ramos e Débora Fontes aperceberam-se disso ao trabalharem com vários farmacêuticos por todo o país e decidiram combater o problema através da criação da Diálogos de Saúde Íntima, uma associação sem fins lucrativos que promete desmistificar, educar e sensibilizar toda a população para este tipo de doenças, com o objetivo de combater tabus.

Link_Carolina

Quem tem os sintomas destas doenças do foro íntimo, na maioria dos casos, não conta aos profissionais de saúde por vergonha, acabando por sofrer com o problema e até piorar, dado que não recebe tratamento adequado (percorra a galeria de imagens acima para ficar a conhecer as doenças que mais envergonham os portugueses).

“Daqui a um ano gostaria pelo menos de saber que os farmacêuticos conseguem chegar ao público muito facilmente, que o público tem mais facilidade em encontrar informação, perguntas e respostas, e que ganhe coragem para se expressar sobre estes temas. As pessoas têm o direito de procurar conforto”, explica ao Delas.pt Sara Ramos, uma das responsáveis pela Diálogos de Saúde Íntima.

Para já, a associação sem fins lucrativos criou uma página de Facebook que será utilizada para responder a todas as dúvidas dos internautas.

“Espero que se dirijam à nossa página de Facebook e encontrem respostas para as várias dúvidas através das conversas que vão vendo por lá. Haverá muitas pessoas a colocar as mesmas perguntas, espero que sirva mesmo para dialogar”, afirma a responsável pela associação.

Além desta plataforma digital, a Diálogos de Saúde Íntima conta com a colaboração de vários profissionais de saúde que vão poder dar um apoio mais especializado a cada doente.

“Esperamos ter mais ainda. Por agora temos um gastroenterologista, que é especializado na parte das hemorróidas, e dois psicólogos que estão mais virados para os produtos femininos. Gostávamos muito de que um ginecologista e oncologista se juntassem a nós”, acrescenta Sara Ramos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Mulher perde 41 quilos em 10 meses