Subir

Cristina Gouveia: “Voltar a residir em Portugal não me parece viável”

Cristina Gouveia tem 59 anos. Emigrou para o Brasil aos 19, portanto, há 40 anos. Esta portuguesa tem estado de férias em território nacional e, apesar de apreciar o que o país tem para oferecer, não sonha em regressar. Não quer voltar a terra que a viu nascer, ainda que o Brasil esteja hoje a lidar “com uma crise mais política do que económica”

Leia o testemunho dado ao Delas.pt a propósito do dia do Emigrante, e que se assinala este domingo, 13 de agosto.

“Aos 59 anos regresso, mais uma vez, ao querido Portugal. Daqui parti aos 19 por motivos de saúde.

Claro que, de início, tive que me adaptar ao novo mundo, a novos amigos e a reencontrar os meus familiares. No Brasil, ingressei na Faculdade de Enfermagem e Obstetrícia, na Universidade Católica de Petrópolis, no estado do Rio de Janeiro.

Foi também nesta cidade que casei, tive filhos e tenho, agora, netos.

Como demorei a retornar a Portugal, faço-o 19 anos depois, encontro um país mais evoluído, mais consciente para com a natureza, procurando usar energias renováveis, fazer recolha seletiva de lixos, cultivando alimentos orgânicos, entre outras preocupações.

Voltar a residir aqui não me parece viável. Construí o meu mundo no Brasil e, embora estejamos a passar por uma crise mais política do que económica, as minhas raízes estão bem estruturadas lá.

Pretendo voltar mais vezes, mas como turista, pois Portugal tem muita História e belezas naturais imperdíveis. Adoro Portugal.”


Leia mais sobre a crise política no Brasil, o afastamento da presidente Dilma Rousseff, através do processo de impeachment, e o que o atual chefe de Estado brasileiro, Michel Temer, pensa das mulheres

Imagem de destaque: DR

Editado por CB