Decotes e muita pele na passadeira vermelha dos Grammy

Lady Gaga, Tailor Swift, Selena Gomez, Kaley Cuoco, Tove Lo, Adele, Justin Bieber, Demi Lovato e muitas outras celebridades desfilaram na passadeira vermelha da 58.ª edição dos Prémio Grammy, entregues, esta noite, em Los Angeles, que prestigia artistas do mundo da música.

Kendrick Lamar e Taylor Swift foram os grandes vencedores

Kendrick Lamar performs a medley of songs at the 58th Grammy Awards in Los Angeles, California February 15, 2016. REUTERS/Mario Anzuoni - RTX273M8
Kendrick Lamar durante a atuação na 58ª edição dos Prémios Grammy (REUTERS/Mario Anzuoni)

O rapper norte-americano Kendrick Lamar, com cinco galardões, e a cantora Taylor Swift, com três, incluindo o melhor álbum por ‘1989’, foram os grandes vencedores dos Prémio Grammy.

Kendrick Lamar foi distinguido pelo melhor álbum de rap (‘To Pimp Up a Butterfly’), melhor canção e atuação de rap (‘Alright’), melhor colaboração de rap (‘These Walls’) e melhor videoclip, por ‘Bad Blood’ (com Taylor Swift).

Taylor Swift performs "Out of the Woods" at the 58th Grammy Awards in Los Angeles, California February 15, 2016. REUTERS/Mario Anzuoni - RTX273CG
Taylor Swift canta ‘Out of the Woods’ na noite dos Grammy (REUTERS/Mario Anzuoni)

O galardão mais ambicionado – o de melhor álbum do ano – foi para Taylor Swift, que venceu também na categoria de melhor videoclip (‘Bad Blood’) e de melhor álbum de pop vocal.

Veja a lista dos vencedores:

Álbum do ano
‘1989’, Taylor Swift

Gravação do ano
‘Uptown Funk’, Mark Ronson e Bruno Mars

Canção do ano
‘Thinking Out Loud’, Ed Sheeran

Artista revelação
Meghan Trainor (EUA)

Melhor álbum de pop vocal
‘1989’, Taylor Swift

Melhor performance de pop vocal
Ed Sheeran, ‘Thinking Out Loud’

Melhor performance pop de duo/grupo
Mark Ronson em colaboração com Bruno Mars, ‘Uptown Funk’

Melhor álbum de rock
‘Drones’, Muse

Melhor álbum de música alternativa
‘Sound and Color’, Alabama Shakes

Melhor álbum de rap
‘To Pimp A Butterfly’, Kendrick Lamar

Melhor álbum de world music
‘Sings’, Angelique Kidjo (Benin/Luxemburgo)

Melhor álbum pop latino
‘A Quien Quiera Escuchar’, Ricky Martin

Melhor álbum rock, urbano ou alternativo latino
‘Hasta La Raíz’, Natalia Lafourcade
‘Dale’, Pitbull

Melhor álbum tropical latino
‘Son de Panamá’, Rubén Blades com Roberto Delgado & Orquesta

Melhor álbum de música regional mexicana
‘Realidades – Deluxe Edition’, Los Tigres del Norte

Melhor álbum de jazz latino
‘Made In Brazil’, Eliane Elias

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Diário de uma voluntária, cap. IV, de Lesbos com…