FBI arquiva queixa contra Brad Pitt por abuso infantil

rtx10usw-1170x658

A Polícia Federal norte-americana (FBI) cancelou a investigação ao ator norte-americano por abuso infantil. “Não vamos dar seguimento à investigação. Não foram apresentadas acusações”, disse a porta-voz, Laura Eimiller, em comunicado. A decisão do FBI surge duas semanas depois de o Departamento de Los Angeles responsável pela proteção de crianças e jovens ter chegado à mesma conclusão.

Recorde-se que a investigação surgiu depois de uma denúncia anónima, dias antes de Angelina Jolie ter entregado em tribunal, em setembro, os papéis do pedido do divórcio, relativa a maus tratos do agora ex-marido para com um dos filhos. O alegado incidente teria ocorrido a bordo de um avião que transportava Jolie e Pitt, juntamente com os filhos (Maddox, 15 anos, Pax, 12, Zahara, 11, Shiloh, 10, e dos gémeos Knox e Vivienne, oito), de França para os EUA.

Quando o Departamento de Crianças e Serviços Familiares (DCSF) de Los Angeles encerrou o caso, após oito semanas de interrogatórios ,Jolie explicou, num comunicado enviado ao TMZ, sentir-se “aliviada”. “O trabalho do DCSF é certificar-se de que as crianças estão bem e numa situação segura. Angelina disse, desde o início, que tinha de tomar uma atitude para o bem-estar da família e está aliviada pelo facto de, oito semanas depois, o departamento ter concluído que existe um clima de segurança para as crianças poderem ultrapassar [o divórcio]”, leu-se no documento.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Modelo ‘plus size’ despe-se em públic…