Lady D: a Princesa do Povo que se vestia como uma Rainha

Esta sexta-feira inaugura a exposição “Diana: Her Fashion Story” em Kesington Palace, em Londres, onde estarão expostos os vestidos mais icónicos da Princesa de Gales. Diana Spencer será para sempre recordada como a Princesa do Povo, título que lhe foi atribuído por Tony Blair aquando da sua morte, a denominação que melhor espelha a admiração que Inglaterra tinha por Diana.

A sua vida foi marcante não só por ter sido a a mulher do Príncipe Carlos e pelo seu divórcio atribulado, mas sobretudo pela sua humanidade, proximidade das pessoas comuns e o envolvimento em causas humanitárias, o que a distanciava da frieza da família real. Esta mulher mudou a forma de ser rainha e se hoje as famílias reais são mais próximas dos súbditos, e são vistas como vedetas, devem-no a Diana.

???????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????????
Diana e John Travolta dançam na Casa Branca. Reuters

Amante das artes, era amiga de Elton John e de muitas outras personalidades. Em 1985 dançou com John Travolta na Casa Branca, uma excentricidade quando vinda da que então se pensava vir a ser a futura Rainha de Inglaterra. Esta dança marcou a História e tornou o vestido azul-escuro de veludo, desenhado por Victor Edelstein, numa das peças mais icónicas do guarda-roupa da Princesa. Este será um dos modelos que estará em exposição, bem como o casaco com gola ao estilo de Elvis usado nos British Fashion Awards de 1989 e numa visita oficial a Hong Kong. A estes dois junta-se o primeiro vestido que Gianni Versace para Diana e com o qual foi fotografada em 1991 por Patrick Demarchelier, fotografia que foi capa da Harpeer’s Bazar americana em novembro de 1997, dois meses após a sua morte. Há ainda criações de Catherine Walker – que estava entre as criadoras preferidas da princesa tendo usado mais de cem peças da designer – entre outras peças que fizeram parte do guarda-roupa da mulher que mudou a monarquia inglesa.

Paralelamente à exposição, serão dadas várias palestras e conferências em torno do estilo de Lady D e da construção da imagem da família real. Também o jardim do Palácio será alterado em homenagem à mãe de William e Harry, sendo na próxima primavera plantadas apenas flores brancas.

Um verdadeiro memorial que através da roupa recorda aquela que até hoje é uma referência de estilo e com quem Kate Middleton é tantas vezes comparada. Na nossa galeria pode ver algumas imagens de ‘Diana: Her Style’ e recordar algumas das imagens mais marcantes da Princesa.


Saiba também tudo sobre a estátua que será erguida em homenagem à Princesa de Gales.


 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

O que a Gucci nos ensina