DiCaprio doa fortuna para preservação ambiental

“As mudanças climáticas são reais. Estão a acontecer neste preciso momento.” O alerta foi repetido pelo ator Leonardo DiCaprio, no momento em que recebia o seu primeiro Óscar, pela interpretação no filme “O Renascido”. “Temos que falar por aquelas pessoas cujas vozes são caladas pela política e pela ganância”, dizia o ator.

Passando das palavras aos atos, Leonardo DiCaprio está empenhado em continuar a contribuir para reverter as alterações climáticas que afetam o ecossistema. A Fundação Leonardo DiCaprio vai doar 15,6 milhões de dólares, cerca de 14 milhões de euros, para ajudar na conservação do ambiente e da vida selvagem, garantir a defesa dos direitos dos povos indígenas, e ainda suportar o investimento em estratégias alternativas de combate às alterações climáticas.

A doação foi anunciada esta quinta-feira pelo próprio norte-americano. Este novo contributo surge como “forma a combater alguns problemas mais urgentes do mundo”, explicou o ator à ‘Variety’.

Leonardo DiCaprio criou a sua fundação em 1998 e, desde então, já doou 59 milhões de dólares, cerca de 53 milhões de euros, para ajudar o ambiente.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Sofia Ribeiro inicia radioterapia com otimismo