É terrível, o chocolate vai desaparecer

É terrível, o chocolate vai desaparecer

Os métodos agrícolas pobres e deficientes estão a levar a que haja um défice de produção de cacau. Mas fazer face ao apetite dos consumidores também não é nada simples. É que cada ocidental – avança um estudo recente intitulado ‘Destruição do Chocolate’ – consome, em média, 286 chocolates por ano (ou seja, cerca de duas barras a cada três dias). E para fazer face a este desejo, são necessárias sementes de 10 árvores para fazer os ingredientes de base: o cacau e a respetiva manteiga.


Veja também o artigo 10 alimentos saudáveis que nos fazem comer mais


As preocupações pouco doces voltam a ganhar nova dimensão porque a crescente procura não está a acompanhar os volumes de produção, o que está a conduzir a inexoráveis ruturas de stock. “Todos os indicadores apontam para um défice de chocolate que cresce 100 mil toneladas a cada ano”, declara Doug Hawkins, da empresa de pesquisa Hardman Agribusiness.

“Todos os indicadores apontam para um défice de chocolate que cresce 100 mil toneladas a cada ano”, declara Doug Hawkins

O futuro passa, nesta fase, por encontrar novas técnicas de produção que poderiam ajudar a resolver o problema. “Estamos a ter produtores da América Latina, em particular do Equador, que estão a procurar repensar as colheitas e a fazê-las de forma mais eficiente”, afirma o mesmo investigador.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Quais são os filtros do Instagram que dão mais &…