Esfoliantes capilares são a grande aposta do momento

Os esfoliantes para cabelo chegaram em força este verão e prometem acabar com os fios baços, desidratados e sem vida, transformando-os numa cabeleira bonita, saudável e limpa por mais tempo. O produto não é novo, mas é provável que ainda cause alguma surpresa. Por isso, antes de se atirar (literalmente) de cabeça nestes esfoliantes, nós explicamos-lhe tudo.

Começamos por lembrar que o nosso couro cabeludo é pele. Logo, tal como a do corpo, também esta epiderme, escondida sob os fios capilares, acumula gordura, transpiração e células mortas ao longo do tempo. Recorrer ao esfoliante capilar é uma forma de limpar a fundo a pele onde se encontra a raiz do cabelo, permitindo que esta renove a sua estrutura celular.

Esta limpeza vai dar uma base saudável aos fios de cabelo, permitindo que nasçam fortes e sãos.

Claudia di Paolo, especialista na área da cosmética e fundadora do conceito de Spa Capilar, afirma isso mesmo num artigo publicado pela Vogue Espanhola: “Um folículo piloso entupido ou asfixiado impede o crescimento do cabelo bom. A esfoliação adequada, e acompanhada de uma massagem, ativa a circulação sanguínea, o que favorece a chegada de nutrientes para o cabelo e também se traduz numa cabeleira mais saudável e bonito”.

Uma vez que atua ao nível da raiz do cabelo, o processo de esfoliação pode ser uma excelente alternativa para combater problemas de oleosidade e de caspa. Embora seja indicado para todos os tipos de couro cabeludo, ao limpar em profundidade – retirando os excessos: sejam eles, a produção de óleo em demasia ou a presença de pele seca –, os esfoliantes capilares equilibram o pH do couro cabeludo, permitindo que o cabelo permaneça limpo por mais tempo.

Além de atuar na raiz do cabelo, a esfoliação promete ainda ajudar a restaurar os fios danificados. Desde que nascem até ao momento em que resolvemos cortá-los, eles estão diariamente rodeados de vários perigos: a poluição, os raios UV, a alimentação e até os químicos presentes nos vários produtos que utilizamos para os lavar, secar ou pentear.

Usar, mas não abusar!

No entanto, não devemos exagerar no uso deste produto, pois “pode acabar por ter o efeito contrário. Limpar muitas vezes o couro cabeludo pode estimular a secreção de glândulas sebáceas, causando a produção de mais gordura do que a produzida anteriormente”, alertou ainda Claudia di Paolo.

Os especialistas na área lembram ainda para nunca utilizar o esfoliante corporal no cabelo: “Este processo (…) deve ser feito com produtos específicos, não com esfoliação corporal, uma vez que este está projetado para a pele do corpo, que normalmente é mais espessa que a do couro cabeludo”, afirmou Víctor Latorre, especialista capilar no Centro de Estética Art Lab, em Madrid, à revista espanhola Telva.

Atualmente, muitas têm sido as marcas capilares a apostar em esfoliantes, existindo vários produtos à escolha. No momento da compra deve ter em conta o tipo de cabelo, pois os esfoliantes para fios mais densos e grossos vão apresentar componentes diferentes dos que se destinam aos mais finos. Recorrer a um salão de cabeleireiro para fazer esfoliações capilares regulares e controladas é também uma forma segura de conseguir pôr esta tendência em prática, garantindo a saúde do couro cabeludo.

Percorra a nossa galeria de imagens disponível acima e conheça alguns dos esfoliantes capilares que pode adquirir.

 


Veja também a risca ao meio está de volta! #OMG.

Conheça ainda os melhores penteados para os dias de praia.


 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Estes vernizes são ideais para crianças