Estilista recusa vestir nova primeira-dama dos EUA e pede a colegas que façam o mesmo

[Fotografia: Mike Seagar/Reuters]

A retórica que Donald Trump usou durante a campanha contra os imigrantes, o incitamento à xenofobia, ao racismo e ao preconceito já está a dar frutos. Se por um lado, o nível de violência dos apoiantes do agora presidente eleito sobre minorias está a crescer, por outro lado, também a moda toma lugar neste palco para dizer que se recusa vestir a primeira-dama, Melania Trump. Uma forma de protesto usada contra a família presidencial, que chegou à Casa Branca advogando, entre outras intenções, a de fechar as portas à imigração.

A designer Sophie Theallet, a viver em Nova Iorque, mas de origem francesa, escreveu no final desta semana uma carta aberta explicando porque não pretendia “participar na criação do guarda-roupa ou associar-se de uma qualquer maneira à nova primeira-dama”. E foi mais longe, incitou os colegas de profissão a tomarem atitude semelhante: “Encorajo os meus colegas a fazer o mesmo”.

“Estou bem ciente que não é inteligente envolver-me em política. Posto isto, e do ponto de vista desta empresa de cariz familiar, nem tudo se move pelo dinheiro”, declara a estilista Sophie Theallet

Ora sendo Theallet, ela própria, uma imigrante nos EUA não poderia aceitar colaborar com quem promove um discurso de “racismo, sexismo e xenofobia”, argumenta. “Estou bem ciente que não é inteligente envolver-me em política. Posto isto, e do ponto de vista desta empresa de cariz familiar, nem tudo se move pelo dinheiro”. A estilista diz valorizar a “liberdade artística” e a procura “humilde no sentido de tornar o mundo da moda mais humano, consciente e ético”.

captura-de-ecra-2016-11-18-as-12-22-58

Esta tomada de posição decorre também do facto de o trabalho de Sophie Theallet ter sido, por várias vezes, escolhido pela ainda primeira-dama Michelle Obama, que usou as criações da francesa em várias ocasiões. Entre as celebridades que à recorrem a designer – que lançou a marca em 2007 – estão Neve Campbell, Shailene Woodley e Gabrielle Union.


Leia mais sobre Melania Trump aqui e aqui

 

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Mariza não trouxe o Grammy Latino, mas fez a fest…