Subir

Estrelas reagem a onda de violência em Dallas

Beyoncé, Olivia Wilde e Demi Lovato reagiram ao tiroteio em Dallas

Os EUA continuam a ser palco de manifestações contra a violência policial para com afro-americanos. Nos últimos dias, na sequência da morte de mais dois homens às mãos da polícia, milhares de pessoas têm saído às ruas em tom de protesto e várias celebridades têm manifestado publicamente a sua opinião.

Beyoncé, para além de ter publicado uma emotiva carta no seu site sobre a brutalidade policial, fez ainda um minuto de silêncio no concerto que deu em Glasgow, Escócia, na quinta-feira à noite, com os nomes de algumas vítimas desse tipo de violência a surgirem por detrás de si, num ecrã.

Jay Z também assinalou as recentes mortes de Philando Castile, no estado do Minnesota, e de Alton Sterling, no Luisiana, com o lançamento de uma música, ‘Spiritual’, que alerta para violência das autoridades norte-americanas contra afro-americanos. E deixou, à semelhança da sua mulher, algumas palavras aos seus seguidores.

O protesto que decorreu esta quinta-feira, em Dallas, terminou de forma ainda mais trágica, com um tiroteio que tirou a vida a cinco agentes da autoridade norte-americanos, deixando outros seis feridos.

Entretanto, estrelas como John Legend, Olivia Wilde, Demi Lovato, Serena Williams, Patricia Arquette, Christina Perri, Mandy Moore e Kevin Hart também já reagiram ao ataque, através das redes sociais, lamentando também sobretudo as mortes de cinco polícias, assassinados na madrugada de sexta-feira.

Carolina Morais / Fotografias: Reuters