Gisele Bündchen declara guerra ao comércio ilegal de animais selvagens

Gisele Bündchen não é apenas a modelo mais bem paga do planeta. É também uma das mais influentes e interventivas no que toca a causas ambientais. Desafiada pelas Nações Unidas, dá agora a cara pela nova campanha Wild for Life, que apela ao combate do comércio ilegal de animais selvagens, reforçando, uma vez mais, o seu papel de embaixadora dessa organização.

“Este vergonhoso tráfico está a levar as espécies ao limite da extinção”, começa por alertar a manequim brasileira, num ensaio que escreveu para o jornal norte-americano ‘The Huffington Post’.

“Entristece-me que, em pleno século XXI, com o nosso conhecimento e poder, estejamos a ouvir cada vez mais histórias de possíveis extinções provocadas pelas pessoas”, admite.

Antes de pedir ao público que a ouça e que aja para acabar com “esta crise global”, Bündchen partilhou algumas das suas experiências pessoais. “Tornaram-me na pessoa que sou hoje”, garante. “A natureza nunca deixou de me inspirar, e é lá que me refugio para recarregar baterias. Quando prejudicamos o planeta e todas as nossas espécies de plantas e animais, prejudicamo-nos a nós mesmos”, defende.

Imagem promocional da campanha
Imagem promocional da campanha

Na imagem promocional da campanha, vemos o rosto da mulher de Tom Brady junto da frase “Sou uma tartaruga marinha”. Entretanto, outras celebridades já se juntaram a ela nesta iniciativa, representando diferentes espécies de animais: casos de Neymar (que alerta para a extinção dos tigres) ou de Ian Somerhalder, estrela da série ‘Diários do Vampiro’ (eleito para defender os mamíferos pingolins).

No que diz respeito a iniciativas da ONU, esta não é a primeira vez que a modelo de 35 anos demonstra publicamente o seu apoio. Eleita embaixadora da Boa Vontade pelo Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, em 2009, esteve também envolvida na campanha Think.Eat.Save (em português, “Pensa.Come.Poupa”), que apela à reeducação alimentar dos consumidores de forma a reduzir as suas pegadas ambientais, e, entre muitas outras iniciativas, ajudou a reflorestar a Amazónia.

Gisele Bündchen é, segundo dados de 2015 da revista ‘Forbes’, a manequim mais bem paga do mundo (lucra, anualmente, cerca de 39,4 milhões de euros). É casada desde abril de 2009 com o jogador de futebol americano Tom Brady, com quem tem dois filhos: Benjamin, de seis anos, e Vivian Lake, de três.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Bárbara Lourenço: “Não deviam ser precis…