Guia prático para pais de crianças com diabetes

Na diabetes Tipo 1, o pâncreas deixa de produzir a insulina que o corpo necessita, levando, consequentemente, à subida dos níveis de açúcar no sangue. Esta doença crónica é também a que é detetada mais cedo. Mas não é preciso entrar em pânico.

O importante é não perder de vista a objetividade, ir ao médico e, se possível, não ter medo de pedir ajuda. Em época de celebração do 20º aniversário da Associação de Jovens Diabéticos de Portugal, que conta com Paula Klose como a nova presidente, o delas.pt foi ouvir alguns conselhos úteis para ajudar pais e filhos a enfrentar esta realidade.

Para tal, contámos com a ajuda da nova responsável da associação, também ela confrontada com um diagnóstico da diabetes tipo 1 aos 13 anos. Hoje, é casada, mãe de dois filhos, nenhum deles diabético, e quer fazer da sua presidência uma ampla e longa sessão de esclarecimento sobre as diferenças entre os vários tipos da doença que atinge, estima-se, 13,1% da da população portuguesa, sendo que cerca de metade possa não estar ainda diagnosticada.

De acordo com os dados do relatório ‘Diabetes: Factos e Números’ de 2014, a Diabetes tipo 1 afetava mais de 3360 pessoas até os 19 anos, evidenciando uma ligeira tendência de crescimento desde 2008. Em 2014 foram detetados cerca de 18 novos casos por cada 100 mil jovens com idades entre 0-14 anos.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Com que frequência deve subir à balança para se…