Gwyneth Paltrow recorda lição de humildade que o pai lhe deu

gwyneth-paltrow-2012-reuters-660

Na altura em que protagonizou o filme de sucesso ‘A Paixão de Shakespeare’, em 1998, Gwyneth Paltrow estava a ficar demasiado focada na sua crescente popularidade e no mediatismo. Foi preciso uma lição de humildade do pai, o realizador Bruce Paltrow, para que percebesse isso mesmo e “descesse à Terra”.

Foi a atriz norte-americana de 44 anos que recordou o episódio em questão, numa nova entrevista à revista ‘Harper’s Bazaar’, frisando que as palavras do pai, ouvidas naquele momento, mudaram a sua postura e atitude na vida e na carreira.

“Lembro-me que tinha uns 27 anos e estava no auge da minha popularidade e mediatismo. Foi na altura em que ganhei o Óscar [para Melhor Atriz Principal, precisamente pelo seu desempenho no filme já referido]. Estava a acreditar naquele mediatismo, mas como é que eu conseguia evitar isso?. Um dia lembro-me de estar sentada à conversa com o meu pai, a sentir-me fantástica acerca da minha vida e de tudo o que me estava a acontecer e ele diz-me ‘Sabes… estás a ficar um pouco estranha… Estás meio idiota'”, recorda Gwyneth Paltrow.

A atriz continua: “Eu pensei: ‘O que raio foi isto?’ Fiquei totalmente devastada”, frisa a ex-companheira de Chris Martin, vocalista dos Coldplay “Estas frases acabaram por ser a melhor coisa que já me aconteceu. É a diferença entre alguém que te ama mais do que tudo no mundo estar a criticar-te ou receberes essas mesmas críticas de alguém com uma postura amarga na Internet. Hoje estou agradecida pela atitude do meu pai”, frisa a atriz.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

“Playboy” aumentou as vendas desde que…