Hedi Slimane diz adeus à Yves Saint Laurent

French designer Hedi Slimane appears at the end of his Spring/Summer 2013 women's ready-to-wear fashion show for French fashion house Saint Laurent Paris during Paris fashion week in this October 1, 2012 file photo. Hedi Slimane is stepping down as creative director of fashion brand Yves Saint Laurent after four years on the job, luxury goods company Kering said on Friday April 1, 2016.  Picture taken October 1, 2012.    REUTERS/Gonzalo Fuentes/Files

Passados quatro Hedi Slimane saí da direção artística da casa de moda francesa Yves Saint Laurent. A notícia foi confirmada hoje em comunicado pela Kering, empresa que detém a Yves Saint laurent. François-Henri Pinault, presidente da Kering, reconheceu o trabalho de Slimane dizendo que:

” O que a Yves Saint Laurent alcançou ao longo dos últimos quatro anos representa um capitulo único na história desta casa. Estou muito grato a Hedi Slimane e a toda a equipa, por terem traçado um caminho que a marca assumiu com sucesso”.

Também Francesca Bellettini, diretora e chefe executiva da Yves Saint laurent, reconhece o legado do designer afirmando que “A direção que foi tomada ao longo dos últimos quatro anos, representa um incrível base para que a marca continue a construir um caminho de sucesso.”

A direção artística de Slimane não foi pacífica começando pela decisão polémica em 2012 de retirar o Yves à marca nas coleções de prêt-à-porter, que se passou a chamar apenas Saint Laurent. Foi também neste ano que foi aberto um atelier da marca francesa em Los Angeles onde Hedi mora e onde apresentou a coleção de outono-inverno 2016/2017, fazendo um desfile fora do calendário das semanas de moda.

Polémicas à parte o que é facto é que em o ano passado o volume de negócios em vendas da YSL foi cerca de €974 milhões, mais que os €707 milhões de 2014. Segundo a Sanford C. Bernstein, empresa que avalia os mercados e empresas, entre 2012 e 2014, a Saint laurent cresceu mais de 20% a cada ano, superando o mercado global de bens de luxo, apesar de ter um número de pontos de venda menor que outras marcas de bens de luxo.

Quanto a um sucessor ainda não há certezas, mas Antony Vaccarello tem sido protagonista de muitos rumores sendo indicado como um dos mais prováveis sucessores de Slimane.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Peças de roupas que ficam sempre bem juntas