Hillary Clinton tem uma pneumonia

Hillary Clinton

A candidata democrata à presidência dos Estados Unidos, Hillary Clinton, está com uma pneumonia e ficou “muito quente e desidratada” na cerimónia do 11 de Setembro, que ocorreu no domingo em Nova Iorque, mas está a “recuperar bem”.

Hillary Clinton foi examinada em sua casa, em Chappaqua, Nova Iorque, pela sua médica, Lisa Bardack, depois de ter deixado a cerimónia em memória do 11 de Setembro, no ‘Ground Zero’, por se ter sentido mal.


Leia também o artigo: Braço-direito de Hillary Clinton separada após escândalo sexual


“[Hillary] Clinton teve uma tosse relacionada com alergias. Na sexta-feira, depois de a tosse se ter prolongado e evoluído, foi diagnosticada com uma pneumonia”, disse a médica, acrescentando que, nesse sentido, Hillary Clinton foi “colocada a antibióticos e aconselhada a descansar e a mudar a sua agenda”.

No evento de ontem, Hillary Clinton “superaqueceu e ficou desidratada”, afirmou Lisa Bardack, num comunicado enviado pela candidatura democrata à comunicação social.

Lisa Bardack garantiu ainda que a candidatara democrata “está agora reidratada e a recuperar bem”.

Os Estados Unidos assinalaram o domingo os 15 anos dos atentados de 11 de setembro com um momento de silêncio no ‘Ground Zero’, o local onde se situavam as Torres Gémeas, em Nova Iorque, onde morreram perto de 3.000 pessoas.

Os candidatos presidenciais Hillary Clinton e Donald Trump interromperam as suas campanhas eleitorais para participarem na cerimónia, juntamente com a polícia e familiares das vítimas, no memorial do 11 de Setembro.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

O último discurso oficial de Obama no 11 de setem…