Igualdade: estudo do ISEG aponta benefícios para mulheres, homens e empresas

shutterstock_361191161

A Conferência de Encerramento do Projeto ‘Igualdade de Género nas Empresas – Break-Even’ do Instituto Superior de Economia e Gestão realiza-se hoje em Lisboa e nela serão apresentadas as conclusões de um estudo levado a cabo pela escola superior sobre a igualdade de género nas empresas. Foram parceiras do estudo na categoria de cenários de investigação empresas como a Administração do Porto de Lisboa, os CTT e a L’Oréal.
As conclusões mostram que mulheres e homens beneficiam da igualdade nas empresas: salário igual para trabalho igual, acesso igual à progressão de carreiras e à nomeação para cargos de chefia. E as empresas também beneficiam dessa igualdade.


Veja também de que forma as Mulheres na liderança aumentam os lucros das empresas


A partir dos resultados do estudo a equipa do ISEG escreveu um manual de boas práticas, acessível a todas as empresas que estejam a fazer esforços no caminho da igualdade mas não saibam exatamente por onde começar.

A transparência e a comunicação com os trabalhadores sobre o plano que se prentende implementar é o primeiro passo assinalado pelo manual. Parece que não se chega à igualdade sem assumir essa vontade. Depois, é preciso que os responsáveis pela seleção dos trabalhadores tenham formação e se consigam descolar dos papéis tradicionalmente associados a homens e mulheres, para que não se percam os melhores colaboradores para uma área ou outra. Um homem pode ser tão bom educador infantil como uma mulher pode ser uma excelente mineira.

No decorrer da relação entre empregador e empregado é necessário que as responsabilidades familiares não resultem em avaliações de desempenho piores só porque os trabalhadores cumprem horários de saída rígidos, sejam eles homens ou mulheres. Nessas relações prolongadas, os empregadores devem privilegiar a progressão e contratação do sexo subrepresentado. Outra vez: um homem pode ser tão bom educador infantil como uma mulher pode ser uma excelente mineira.

E a conciliação com a vida familiar, inclusive a flexibilização dos horários, deve ser incentivada sempre que possível, quer para homens quer para mulheres.

O programa completo da conferência está aqui.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

O seu peso tem a ver com a forma como se desloca p…