Isabel II oferece donativo para ajudar vítimas do sismo em Itália

A rainha Isabel II decidiu oferecer, a título pessoal, um donativo para ajudar nas operações de busca e salvamento de vítimas do sismo que na madrugada de quarta-feira destruiu várias localidades em Itália e que fez, pelo menos, mais de 260 mortos e centenas de feridos, desaparecidos e desalojados.

O montante, cujo valor não foi divulgado, foi doado à Cruz Vermelha britânica, que o encaminhou para a delegação italiana, que tem estado a coordenar as operações de busca e salvamento nas áreas mais afetadas pelo sismo de 6.2 na escala de Richter.

A monarca britânica de 90 anos enviou também uma mensagem ao presidente italiano, Sergio Mattarella, quando soube do terramoto que afetou a região central de Itália. “O príncipe Philip e eu ficámos desolados pelo número de mortes causadas pelo terramoto no centro de Itália. Os nossos pensamentos e orações vão para o povo italiano, especialmente para os familiares e amigos das vítimas”, frisou Isabel II.

Também outras casas reais europeias, como a monegasca, a espanhola e a norueguesa, já expressaram a sua “dor” perante a tragédia, palavra utilizada por Letizia e Felipe de Espanha, por exemplo, e deram publicamente as suas condolências aos familiares das vítimas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Sara Sampaio deixa recado a ‘paparazzi’…