Jennifer Lopez presta homenagem às vitimas de Orlando em dueto musical

Jennifer Lopez e Lin-Manuel Miranda estão a trabalhar num projeto “muito especial”. A cantora norte-americana e a estrela do musical ‘Hamilton’, uniram vozes para homenagear as 49 vítimas do massacre em Orlando, nos Estados Unidos. Os artistas partilharam no Twitter um vídeo das gravações da música, ‘Love Make The World Go Round’.

“Ouvimos a diferença no bater do nosso coração. E se eles nos negaram ou tentarem calar, nós dizemos não”, é uma das frases mais sentidas que compõem a letra da música. Os lucros obtidos com dueto, explica Miranda, serão entregues à Federação Hispânica de Orlando, a organização que abriu o fundo #SomosOrlando, poucas horas depois do massacre.

O montante arrecadado servirá para garantir os cuidados necessários à comunidade onde ocorreu o ataque e assegurar serviços de “apoio psicológico” aos sobreviventes e famílias das vítimas do massacre na discoteca Pulse, lê-se no site da Federação Hispânica.

O ataque terrorista abalou a comunidade de Lésbica, Gay, Bissexual e Transgénero (LGBT) e serviu de rastilho para reacender o debate em torno da homofobia. Um pouco por todo o mundo, várias personalidades chegaram-se à frente para sublinhar – “Eu sou Orlando” -, em homenagem às 49 pessoas que perderam a vida na discoteca gay.

A maioria das vítimas do ataque em Orlando era de origem latina, tal como Jennifer Lopez e Lin-Manuel Miranda. A união solidária entre os dois artistas marca o regresso de JLo ao lançamento de novos projetos, depois de ter divulgado, em maio, o videoclipe de ‘Ain”t Your Mama’, uma composição que faz eco aos movimentos feminismo.

Lin-Manuel Miranda, a nova estrela da Broadway

O artista, protagonista de ‘Hamilton’, é a nova estrela do teatro musical norte-americano. O nome não é difícil de decorar e está carregado de simbolismo – o pai inspirou-se num poema porto-riquenho de protesto contra a Guerra do Vietname. Já o facto de, aos 35 anos e com apenas dois musicais no currículo, ser uma das figuras de maior destaque da Broadway, é motivo suficiente para não perder de vista o trabalho deste artista.

No último ano, Miranda tem brilhado e deslumbrado nos palcos do teatro Richard Rodgers, na Broadway, com o espetáculo ‘Hamilton’. O musical conta a história do primeiro Secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Alexander Hamilton, ao ritmo do “hip-hop, R&B, jazz, pop e ao estilo coral típico da Broadway”, escreve a revista ‘New Yorker’.

“Como é que um bastardo, filho de uma prostituta e de um escocês, abandonado num canto esquecido das Caraíbas, pela providência empobrecido até à miséria, pode crescer e tornar-se um herói e um erudito?”, é a linha de hip-hop que inaugura a primeira cena de ‘Hamilton’.

O espetáculo deu os primeiros passos em 2009, quando Lin-Manuel Miranda conheceu a biografia de Alexander Hamilton. Assim que fechou o livro, percebeu que tinha de transportar aquela narrativa para os palcos do teatro. Miranda dedicou seis anos da sua vida a escrever o guião, a compor a banda sonora e preparar o seu papel de protagonista no musical. Os anos de dedicação traduziram-se num sucesso de bilheteiras na Broadway. Nem Barack Obama, que já assistiu ao musical, ficou indiferente à magia de ‘Hamilton’.

Para além de ter conquistado o público norte-americano, o trabalho de Miranda encantou os críticos. À conquista do Pulitzer na categoria de teatro, ‘Hamilton’ juntou ainda 11 Tony Awards, conhecidos como os Óscares do teatro, e uma outra série de distinções.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Beyoncé: descubra os segredos da dieta da Queen B…