Subir

Lady Gaga e Dalai Lama promovem a paz em conferência

Dalai Lama e Lady Gaga juntos em conferência nos EUA

A Conferência Anual de Presidentes de Câmara nos EUA foi protagonizada, este ano, por uma dupla improvável. Lady Gaga e Dalai Lama estiveram juntos em palco, perante cerca de 300 líderes, para promover a paz, a compaixão e a justiça nas cidades norte-americanas, através de uma atuação local.

O líder espiritual, de 80 anos, foi o primeiro a abordar a plateia. A artista juntou-se a ele, pouco depois, para uma conversa moderada pela jornalista da NBC News Ann Curry, que foi transmitida em direto no Facebook.

“Somos animais sociais, por isso o nosso futuro individual depende inteiramente da comunidade”, começou por frisar Dalai Lama, que deixou também alguns conselhos à plateia. “Quando algo trágico acontece, não evitem, olhem para dentro. Muitas coisas positivas e felizes estão lá, se olharmos de uma perspetiva mais ampla”.

Depois de também partilhar alguma da sua experiência de vida, Lady Gaga aproveitou para fazer uma pequena brincadeira. “Não se sabe isto, mas eu sou muito mais velha do que o senhor”, disse, arrancando alguns risos ao Nobel da Paz.

Lady Gaga tem sido uma das celebridades mais ativas no apelo à paz nos EUA. Depois do massacre na discoteca gay em Orlando, Florida, publicou vários tweets a defender um maior controlo de compra de armas no seu país.

A candidata presidencial Hillary Clinton também subiu ao mesmo palco para falar sobre a necessidade de fortalecer as relações entre governos locais e federais, de forma a dar às cidades a sustentabilidade financeira de que necessitam.

Carolina Morais