Subir

Lanvin já tem novo diretor criativo

Olivier Lapidus foi o nome escolhido para substituir Bouchra Jarrar, que anunciou a a sua saída da Lanvin na semana passada. Segundo declarações ao site Business of Fashion, Lapidus quer transformar a casa de moda na “Michael Kors francesa”, resta saber se esta intenção se refere à vontade de fazer da Lanvin um símbolo do país ou se o objetivo é tornar a marca mais comercial.

Esta mudança faz sentido quando se olha para os lucros da marca, que têm registado uma enorme queda: só em 2016 as vendas desceram 23%. Uma diminuição de entrada de capital que se manifesta também na mudança da sede desta histórica casa francesa para os subúrbios de Paris, abandonando a rua Boissy d’Anglas, que foi a morada da Lanvin desde a sua fundação.

links_metroOlivier Lapidus esteve anteriormente ao leme da coleção masculina da Balmain durante um ano, tendo saído em 1986 para assumir a direção criativa da Maison Lapidus, fundada pelo seu pai e que acabou por encerrar em 2000.

Atualmente, o designer dedicava-se à criação de coleções cápsula para a sua loja online: Creation Olivier Lapidus. O caminho que Lanvin irá levar a partir de agora ainda é uma incógnita, mas certo é que a marca está a enfrentar uma nova etapa da sua história e é natural que isso se traduza nas próximas coleções.

Imagem de destaque: Facebook Creation Olivier Lapidus

Margarida Brito Paes