Atriz democrata Lena Dunham critica apoio de figuras públicas a… Hillary Clinton

Lena Dunham

Lena Dunham decidiu manifestar o seu descontentamento em relação às demonstrações de apoio em público a Hillary Clinton partilhando na internet um vídeo… de apoio a Hillary Clinton. A atriz explica que decidiu criar uma personagem desequilibrada que demonstra a sua intenção de voto de forma exacerbada para criticar “a cultura de raparigas brancas a fazerem das eleições um assunto sobre elas próprias.”

No vídeo, Dunham encarna o papel de MC Pantsuit, que, já perto do fim da mensagem, se despe para demonstrar o apoio a Hillary. “Ela é apenas e só uma personagem, uma ridícula personagem, talvez uma mistura entre Iggy Azalea e BeBe Rexha”, conta numa entrevista à publicação Vulture.

A criação do vídeo, segundo Dunham, prende-se com o excesso de demonstrações de apoio à antiga primeira-dama: “Esta não é a melhor forma para fazer com que Hillary Clinton seja eleita. Há tantas manifestações de apoio nesta altura, que achei engraçado dar um passo atrás e pensar ‘quantas dessas manifestações estão a ter efeito?’ Todos nós devemos fazer a nossa parte mas serão essas ações a forma mais inteligente de apoiar?”

“Acho muito importante que estejamos unidos e que não se pense que é a voz de uma celebridade que vai fazer o trabalho todo”, acrescentou ainda a atriz, que tem feito campanha no terreno, ao lado de Hillary. O vídeo, com pouco mais de três minutos, tem sido altamente criticado, tendo muitos norte-americanos catalogado a ideia de Dunham com contraproducente. Na rede social Twitter alguns utilizadores pró-Hillary chegaram mesmo a ameaçar a respetiva intenção de voto.

Clem Zingis, jornalista no site Barstool Sports, ilustrou o seu desagrado em relação ao vídeo com um mapa dos Estados Unidos da América, onde se lia “sondagem atualizada das eleições depois da divulgação do vídeo de rap de Lena Dunham.”

Elliot Hamilton, colaborador da publicação Daily Wire, indicou que há duas razões aceitáveis para votar no candidato Republicano: votar em Trump contrariado apenas para parar Hillary ou então para fazer com que Lena Dunham desapareça.

Outra utilizadora do Twitter sustentou que a única coisa que mantém os EUA unidos é o ódio a Lena Dunham.

Hillary Clinton tem contado com o apoio de inúmeras figuras públicas de grande renome, como Leonardo DiCaprio, Robert De Niro, Scarlett Johansson e Katy Perry. Lena Dunham tem sido, desde o início da campanha presidencial, uma fervorosa apoiante da candidata democrata, tendo até escrito um ensaio na revista ‘Time’, em abril passado, a explicar as razões da sua orientação de voto.

Não deixa de ser bizarro, por isso, que a atriz e autora da série ‘Girls’ tenha tido um papel tão público no apoio a Hillary Clinton e, paradoxalmente, crie este vídeo a satirizar figuras públicas que seguiram o mesmo caminho.

 

 

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Kim Kardashian muda de estilo depois de assalto