Subir

Limpar a cozinha ajuda a manter a linha?

Limpar a cozinha ajuda a manter a linha?

Não é aquilo que, por certo, quem está a tentar perder peso quer ouvir. Mas o conselho vem do Food and Brand Lab, um laboratório da Universidade Cornell, em Nova Iorque, nos Estados Unidos, que avisa: se está de dieta, então o melhor mesmo é limpar a cozinha.

Parece um contrassenso mandar aqueles que desejam reduzir uns números para a mais perigosa divisão da casa quando se trata de comer. Tentações não faltam neste espaço, mas o que os especialistas pedem tem razão de ser e resulta de uma experiência feita com 101 mulheres – uma amostra que não inclui homens e não se percebe porquê, uma vez que os resultados seriam igualmente relevantes.


Ver também o artigo O segredo de ser magra está na flora… intestinal


A ideia era simples: que passassem dez minutos numa cozinha onde tivessem à discrição bolachas, snacks e outros alimentos pouco amigos da dieta. Mas enquanto umas o fariam num espaço caótico, com pratos sujos na mesa, pilhas de loiça para lavar e muito para arrumar, as restantes teriam à sua frente uma cozinha imaculada.

Resultado: as primeiras saíram com o dobro das bolachas ingeridas e 65 calorias a mais do que as segundas, revelam os investigadores, num trabalho que mereceu honras de publicação na revista científica ‘Environment and Behavior’. E foi lá que justificaram porque é que ter a cozinha limpa ajuda a manter a linha. “Estar num ambiente caótico e sentir que se perde o controlo é mau para as dietas. Parece que leva as pessoas a pensar: ‘se tudo está descontrolado, por que é que também não posso estar?’”

Carla Marina Mendes