Subir

Lupita Nyong’o: “Sentia que não era considerada bonita pela minha cor”

Lupita Nyong'o tem 33 anos

Vencedora do Óscar de Melhor Atriz Secundária em 2014, pelo filme ’12 Anos Escravo’, Lupita Nyong’o nem sempre teve a confiança necessária para vingar numa indústria como a de Hollywood. Em Nairobi, capital do Quénia, onde cresceu, a atriz de 33 anos deparava-se constantemente com anúncios publicitários a branqueamento da pele, que promoviam a ideia de que pessoas com a tez clara era mais bonitas e tinham mais oportunidades.

“A minha adolescência foi atormentada pela ideia de que a pele clara era melhor. Havia anúncios na televisão sobre uma mulher que tentava arranjar emprego e apenas o conseguia depois de aplicar um creme para branqueamento da pele. Eu sentia que não era considerada bonita pela minha cor. A minha autoestima foi profundamente abalada durante esses anos”, confessa.

Nascida no México, Nyong’o – que este ano mereceu uma nomeação ao prémio Tony de Melhor Atriz em 2016 pelo seu papel na peça da Broadway ‘Eclipsed’, sobre a guerra civil na Libéria – mudou-se quando tinha menos de um ano para o Quénia, o país de origem dos seus pais. Só aos 18 anos rumou aos EUA para estudar e perseguir o sonho da representação.

Carolina Morais / Fotografia: Reuters