Mariza responde a crítica sobre cor do cabelo

Mariza respondeu a comentário no Facebook

O momento era de partilha de um vídeo onde surgia com o cantor britânico-libanês Mika, ao jantar, a cantar em dueto a música ‘I Can’t make you love me’. Mas o post, publicado este sábado no Facebook oficial da fadista, acabou por tomar um rumo diferente, quando uma seguidora questionou Mariza sobre a sua cor de cabelo.

No comentário, a seguidora pergunta a Mariza porque não usa “a sua cor preta natural de cabelo. A fadista, que começou por explicar que raramente responde a comentários, respondeu à questão.”A cor natural do meu cabelo é arruivado. Tal como o meu filho. Tenho avó Negra, como tenho avó branca, como bisavós espanhóis e Goeses! Como me devo expressar então???! Num mundo livre sem tabus, repressões ou fronteiras para mim isso não existe”, começou por escrever Mariza,

O comentário da seguidora da fadista e a respetiva resposta
O comentário da seguidora da fadista e a respetiva resposta

“Conheço muitas pessoas de raça branca que nasceram em África, loiras e de olhos azuis, será que têm que frisar o cabelo para mostrar de onde vêm???? Desculpe não entendo o seu raciocínio. A melhor forma de unir povos e culturas não é separando-os por coisas mesquinhas. Mas sei que com o poder da minha música eu consigo chegar a muitos corações, independente da raça, credo ou…Se não não estaria aqui a menina a escrever no meu Facebook”, concluiu a fadista.

Mariza, de 42 anos, é filha de pai português e mãe moçambicana. Nasceu em Lourenço Marques, atual Maputo, capital de Moçambique, em 1973. A família mudou-se para Lisboa quando a fadista tinha três anos.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Lindsey Stirling. A violinista que ganha milhões …