Melania Trump estreou-se como primeira-dama com ‘jumpsuit’ de 3600 euros

Para o discurso de vitória do marido, Donald Trump, Melania elegeu um jumpsuit branco da Ralph Lauren, cujo preço ronda os 4000 dólares (3660 euros). A marca foi, curiosamente, uma aposta constante de Hillary Clinton nas diversas aparições públicas da candidata democrata.

Melania Trump, que começou a trabalhar como manequim no seu país natal, a Eslovénia, é a segunda primeira-dama estrangeira na história dos EUA (a primeira foi a inglesa Louisa Adams, mulher do sexto presidente norte-americano, John Quincy Adams). Chegou ao país em 1996, onde chegou a viver sem documentação legal, e casou-se em 2005 com Donald Trump. Na altura, Trump protagonizava o reality show ‘O Aprendiz’, onde várias pessoas lutavam por um posto de trabalho numa grande organização.

Pouco dada a discursos públicos, e num dos raros momentos em que falou para a plateia, em campanha com Donald, a eslovena agradeceu o sentido de moda da mãe, Amalija Knavs. Melania admitiu que foi graças à mãe que se interessou pela atividade, que consequentemente a levou até aos Estados Unidos e a conhecer Donald Trump.

Sobre as suas opções de compra de roupa, Melania admitiu que tanto escolhe marcas mais caras, como a Net-a-Porter, como mais acessíveis, como a J. Crew. Entre os seus designers favoritos, Melania Trump destaca a sérvia Roksanda Ilincic.

A sua escolha para a noite eleitoral não foi, então, arbitrária e despojada de simbolismo. Na convenção nacional do partido democrata, em julho, Hillary Clinton usou um fato branco e repetiu o estilo, com blazer e sapatos diferentes no terceiro debate com Donald Trump. Além disso, foi criado um movimento nas redes sociais, através da #WearWhiteToVote – veste branco para votar -, para apoiar a candidata democrata.

A escolha de guarda-roupa de Hillary, foi mais tarde revelado pelos membros da campanha democrata, era numa alusão às sufragistas, as mulheres que lutaram pelo direito de voto nos Estados Unidos.

Daí que se tenha chegado a especular que a escolha da cor branca por Melania, na noite em que o marido foi eleito presidente dos Estados Unidos, tenha servido como uma espécie de “indireta” para Hillary Clinton.

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Novo amor de Pedro J. Ramírez é a Amal Alamuddi…