Mitos em torno dos alimentos ricos em ferro

Não é difícil escolher quais os alimentos ricos em ferro. Aliás, há muito que sabemos onde encontrar esse mineral vital. Porém, há também alguns mitos que deitam por terra grande parte das certezas que tínhamos e que podem levar à anemia, uma doença que atinge mais as mulheres do que os homens, mais jovens e mais idosos. Em Portugal, um em cada cinco portugueses tem grave carência de ferro a ponto de precisar de tratamento.

Em vésperas de se assinalar o Dia da Anemia, marcado para 26 de novembro, o Delas.pt foi saber, junto dos responsáveis do Anemia Working Group Portugal, quais os maiores erros que geralmente são cometidos no dia-a-dia, na hora de escolher alimentos com mais ferro.

“O ideal é ingerir uma alimentação equilibrada e que reúna ferro animal, oriundo de carnes, porque é ;melhor absorvido pelo corpo, e ferro vegetal”, diz Robalo Nunes, presidente do Anemia Working Group Portugal

De acordo com Robalo Nunes, o presidente daquela associação, “o ideal é ingerir uma alimentação equilibrada e que reúna ferro animal, oriundo de carnes, porque é melhor absorvido pelo corpo, e ferro vegetal. No fundo, falamos da dieta mediterrânica, que é rica em proteínas animais e vegetais”, afirma.

Este responsável alerta ainda para o facto de “não se conseguir tratar anemias apenas por via alimentar, será sempre preciso fazer suplementação”.


Saiba mais sobre a prevalência da doença em Portugal, bem como sobre os equívocos que às vezes mascaram a falta de ferro

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Há uma vitamina que ajuda a sobreviver ao cancro …