Subir

Moda e monarquia: Letizia já não ama Felipe?

A última ocasião pública em que a rainha Letizia usou uma criação Felipe Varela

Felipe, não o VI, monarca do país vizinho, mas Varela, o estilista que, ao longo de mais de uma década, foi o predileto da rainha Letizia de Espanha. E o uso do pretérito perfeito é aqui apropriado porque, nas suas mais recentes aparições públicas, a mulher de Felipe VI parece ter relegado as criações do seu designer favorito para segundo plano.

Segundo as contas do site Vanitatis, no último ano, a rainha usou criações Felipe Varela em apenas seis eventos públicos (em quatro desses, usou criações do estilista madrileno que já tinha estreado em ocasiões anteriores). Ora, a rainha participou, no espaço de 12 meses, em 35 atos institucionais.

Esta mudança começou há dois anos, quando Felipe e Letizia se tornaram reis de Espanha. A partir daí, a rainha começou a abrir o seu armário a outras marcas e criadores, sendo que, atualmente, é muito frequente vê-la com peças de Nina Ricci e Carolina Herrera.

Numa inauguração em Sevilha, a 11 de maio, a rainha usou um vestido vermelho Nina Ricci, complementado com uma gabardine Burberry

Numa inauguração em Sevilha, a 11 de maio, a rainha usou um vestido vermelho Nina Ricci, complementado com uma gabardine Burberry

Desde que se casou com o Felipe de Espanha, Letizia viu a sua popularidade cair a pique junto dos seus súbditos. As causas deste distanciamento não se prenderão apenas com a ex-jornalista da TVE (embora seja muitas vezes criticada pela sua postura distante e semblante fechado) mas com os acontecimentos económicos, sociais e políticos que afetaram Espanha nos últimos anos e também com os vários desaires no seio da família real espanhola (as indiscrições amorosas do agora rei emérito Juan Carlos, o envolvimento da infanta Cristina e do marido, Iñaki Urdangarín no caso Nóos, de corrupção e desvio de fundos públicos).

em 2010, na receção antes do casamento de Victoria da Suécia, Letizia usou uma das criações mais emblemáticas de Felipe Varela

em 2010, na receção antes do casamento de Victoria da Suécia, Letizia usou uma das criações mais emblemáticas de Felipe Varela

Mas o relegar de Felipe Varela para segundo plano terá também outra responsável: Eva Fernández, a stylist que começou a trabalhar com a rainha há um ano. Fernández terá, nos últimos meses, encorajado Letizia a vestir peças mais atuais, uma vez que Varela é visto como tendo um estilo “demasiado conservador”. Há ainda outro fator a ter em conta: a amizade da mulher de Felipe VI com os proprietários da Puig, empresa que representa marcas como Nina Ricci, Prada e Carolina Herrera.

Raquel Costa // Fotografias: Julio Muñoz e Mariscal /EPA, Arnd Wiegmann / Reuters