Morreu Francisco Nicholson

Ator, autor, dramaturgo. O legado deixado por Francisco Nicholson, que morreu esta terça-feira, 12 de abril, aos 77 anos, é vasto e passa pelos mais diversos palcos do teatro e revista, mas também pelo pequeno ecrã.

Nicholson não resistiu a complicações decorrentes de um transplante hepático, cirurgia a que foi submetido há já alguns anos, tendo falecido esta manhã no Hospital Curry Cabral, em Lisboa.

Começou a pisar os palcos aos 14 anos e, mais tarde, foi também argumentista de novelas. Da sua mão saíram algumas personagens femininas que, com maior ou menor impacto, marcaram para sempre a televisão em Portugal. Uma delas foi logo a primeira: com Margarida Carpinteiro a assumir o papel de Mariette, na primeira novela portuguesa, ‘Vila Faia’.

No seu currículo estão ainda outras histórias televisivas como ‘Cinzas’, ‘Origens’, ‘Lobos’ e ‘Ajuste de Contas’, contando com colaborações em ‘Olhar da Serpente’ e ‘Ganância’.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

A primeira saudita realizadora de cinema