Mulheres jovens ditam as tendências de maquilhagem

A L’Oréal Portugal desenvolveu um estudo em parceria com a Nova Information Management School da Universidade Nova de Lisboa, para conhecer melhor os hábitos de maquilhagem das portuguesas. “Advanced Make-up Social Lab” é um estudo inovador e muito revelador sobre os hábitos das portuguesas.

“Com este estudo, cujo método utilizado é totalmente inovador e disruptivo, tivemos acesso a conclusões muito importantes quer para o setor da beleza, quer para a nossa estratégia de marketing e que eram completamente desconhecidas. Por exemplo, este estudo mostra que existe junto das mulheres mais jovens um fator emocional muito forte associado ao ato da maquilhagem, que contribui para o aumento da auto-estima e para uma melhor integração da mulher nos vários ambientes. “, revelou Inês Caldeira, Diretora Geral da L’Oréal Portugal.

A grande revelação deste estudo diz respeito precisamente a estas mulheres jovens, com idades compreendida entre os 18 e 34 anos. A descoberta, que surpreendeu muitos, foi que são estas mulheres que surgem como educadoras e influenciadoras das geração acima da sua, no que diz respeito à maquilhagem. Ou seja, já não são as mães que mostram às filhas os produtos de maquilhagem e as ensinam a usar, mas o contrário, são as filhas que revelam os segredos da maquilhagem às mães.

Esta inversão de papéis transforma por completo a tradicional forma de passagem geracional de conhecimentos, sendo agora o conhecimento adquirido sobretudo através de amigas da mesma geração ou através do youtube, tendo aqui os tutoriais de maquilhagem uma grande importância no alicerçar de conhecimentos de aplicação de produtos.

O despertar para o mundo da maquilhagem acontece geralmente na entrada para a faculdade, afirmando-se como forma de integração social, o mesmo acontece quando se dá a entrada no mercado de trabalho. A maquilhagem é usada de uma forma positiva, para aumentar a auto-estima e ajudar à inclusão em determinados circulos, é por isso indicada nesta geração como uma das coisas que faz uma mulher sentir-se bonita. As mulheres mais velhas por sua vez, quando falam de beleza pensam em características de personalidade e não estéticas.

Por todos estes fatores se concluí que as mulheres jovens são mais conhecedoras do mercado da maquilhagem e da potencialidade dos produtos, representando cerca de 60% do valor da categoria make-up em Portugal. Outra questão curiosa que o estudo “Advanced Make-up Social Lab” revelou foi que a opinião masculina é desvalorizada, não lhes sendo reconhecido conhecimento sobre maquilhagem ou sobre a sua utilização. Apesar de normalmente os homens dizerem preferir rostos desmaquilhados a verdade é que só consegue identificar um rosto maquilhado se este tiver sombras ou bâton de cores fortes.

Este estudo é bastante revelador sobre os hábitos de maquilhagem das portuguesas, mas também revela a crescente importância das plataformas digitais como educadora das novas gerações, mostrando que o mercado está a mudar e que as estratégias empresariais se têm de adaptar a um publico jovem mas conhecedor.

 

 

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Os melhores penteados e maquilhagens de Cannes