Netflix ressuscita universo da luta livre feminina

GLOW

Estão garantidos os primeiros dez episódios de ‘G.L.O.W.’ (‘Gorgeous Ladies of Wrestling’), sobre o universo da luta livre feminina da década de 1980. A plataforma de streaming Netflix encomendou a série a Jenji Kohan e Tara Herrmann, respetivamente criadora e produtora executiva e coprodutora executiva de ‘Orange is the New Black’.

Apesar de baseada em vidas reais, a ação da nova série é centrada na história de uma atriz que vê uma última hipótese de realizar os seus sonhos numa emissão televisiva semanal sobre mulheres lutadoras. A cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos, serve de pano de fundo à trama.

Nos anos 80, ‘G.L.O.W.’ era o nome de uma associação de wrestling profissional feminino e o seu universo foi mostrado no pequeno ecrã norte-americano entre 1986 e 1990. Desde 2001 que se dedica apenas a eventos ao vivo.

A aposta da Netflix, ainda sem data de estreia anunciada, é um original de Liz Flahive, a mesma de ‘Homeland – Segurança Nacional’, e Carly Mensch, também de ‘Orange is the New Black’ (que, recorde-se, estreia a sua quarta temporada a 17 de junho).

SUBSCREVER

Subscreva a newsletter e receba semanalmente todas as noticias de forma confortável

packshot_site

APP DELAS

Aceda por telemóvel, smartphone ou tablet as notícias, informações, num ambiente atrativo e intuitivo, compatível com o seu equipamento.

Appstore Googleplay

Adele compra casa na árvore (e respetiva mansão)…